Moto Edge+ chega ao Brasil habilitado para o 5G - Divulgação

Claro anuncia 5G no Brasil antes do leilão oficial

Novidade coincide com a chegada de novos celulares Moto Edge, compatíveis com a rede

Junto com divulgação da pré-venda da nova linha premium da Motorola, Moto Edge e Edge+, habilitados para a nova rede 5G, a Claro também anunciou a implementação de seu 5G comercial. O movimento ocorre antes mesmo do leilão oficial – adiado para 2021.

A operadora consegue oferecer a quinta geração de internet móvel graças ao DSS, que significa Compartilhamento Dinâmico de Espectro. Após a aquisição da Nextel, a Claro se tornou, segundo dados da Anatel, a que possui as maiores fatias de frequência do país. Assim, é possível compartilhar o espectro, a princípio, sem prejudicar os usuários do 4G.

Com a chegada da nova rede, quem tiver celulares habilitados para a frequência, pode conseguir uma velocidade até 12 vezes superior à atual. A fornecedora da tecnologia é a sueca Ericsson e o Moto Edge, equipado com o processador Qualcomm Snapdragon 765, é um dos primeiros modelos do Brasil compatível com a rede. O país, aliás, é o terceiro da América Latina, a disponibilizar o serviço, atrás do Uruguai e de Porto Rico.

Na próxima semana, as três companhias – Claro, Ericsson e Qualcomm – devem divulgar seus planos e a cobertura inicial do 5G DSS. O Moto Edge segue em pré-venda até o próximo 13 de julho e chega com câmera tripla com sensor de 64 MP, bateria de 4.500 mAh e custando a partir de R$ 5.499, enquanto seu irmão mais avançado tem um processador Snapdragon 865, sensor de 108 MP e bateria de 5.000 mAh a R$ 7.999.

Fonte: O Dia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também