Foto: Divulgação

Cineasta Cadu Barcellos é morto a facadas em assalto no centro do Rio

Ele foi atacado por volta das 3h30 da madrugada, na esquina da Avenida Presidente Vargas com a Rua Uruguaiana, no Centro.

O cineasta Cadu Barcellos, de 34 anos, foi morto a facadas na madrugada desta quarta-feira (11), após ser vítima de um assalto no Rio. Ele foi atacado por volta das 3h30 da madrugada, na esquina da Avenida Presidente Vargas com a Rua Uruguaiana, no Centro.

Cadu havia saído da Pedra do Sal, no Santo Cristo, de carona em um carro de aplicativo com uma amiga, que seguia para a Zona Sul, e desembarcou alguns quilômetros depois, no Centro. O cineasta foi rendido perto de uma saída do metrô. Ele chegou a ser visto gritando por socorro, mas caiu alguns metros à frente e morreu no local.

A PM confirmou a morte e disse que encaminhou o caso à Delegacia de Homicídios. A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar as circunstâncias do crime. A corporação disse ainda que testemunhas serão ouvidas para esclarecer o caso e identificar o autor do crime.

Carlos Eduardo Barcellos Sabino foi codiretor do longa “Cinco Vezes Favela — Agora Por Nós Mesmos” e atuava como assistente de produções do canal Greg News e do Porta dos Fundos. Ele era casado e pai de um filho de 2 anos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também