Foto: Cidade das Hortências

Cidade das Hortênsias surpreende jovem apaixonado por ônibus em Petrópolis

Leonardo foi acometido por uma meningite, aos nove meses de idade. Em seu crescimento, começou a despertar a atenção para os ônibus, se tornando um admirador ainda criança. Neste mês, para comemorar o aniversário dele, familiares tiveram a ideia de fazer a festa com o tema “Cidade das Hortênsias”.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Mesmo sem fazer sinal ou puxar a campainha do ônibus, Leonardo Pereira Ferreira, de 23 anos, conseguiu chamar a atenção da empresa Cidade das Hortênsias, após uma publicação na internet. Com uma festa surpresa de aniversário produzida por seus familiares e a revelação do sonho antigo do jovem, em conhecer a garagem da CDH, a empresa imediatamente embarcou na missão de surpreender o “apaixonado por ônibus”, em um encontro marcado por surpresas e presentes.

Morador do bairro Nova Cascatinha, Leonardo foi acometido por uma meningite, aos nove meses de idade. Em seu crescimento, começou a despertar a atenção para os ônibus, se tornando um admirador ainda criança, aos 10 anos. Neste mês, para comemorar o aniversário dele, no último dia 16, familiares tiveram a ideia de fazer a festa com o tema “Cidade das Hortênsias”.

“Imprimi as fotos e providenciei as cores da festa semelhantes às da empresa de ônibus. Quando ele viu a arrumação, ficou muito feliz e disse que teve um dos melhores aniversários da vida. Publicamos as imagens nas redes sociais, que foram compartilhadas por centenas de internautas. No pedido, ressaltei o sonho dele em visitar a garagem da operadora”, contou a irmã Beatriz Pereira Ferreira, de 24 anos.

A Cidade das Hortênsias não perdeu tempo e providenciou, na última sexta-feira (27), um encontro surpreendente para Leonardo. Após um tour por todos os setores da garagem e um passeio de ônibus até o Hotel Quitandinha, ainda foi presenteado com bolo, cesta de guloseimas, boné personalizado e uma carta da empresa em forma de agradecimento.

“Deixamos ele à vontade para fazer o que quisesse, sem qualquer preocupação com o tempo. O Léo é muito educado, um rapaz que nós adoramos conhecer. A empresa ficou feliz por ser lembrada de uma forma tão especial. O bom de tudo é saber que fazemos parte da vida de alguém”, contou Valesca Rodrigues, psicóloga da CDH.

No domingo (29), Leonardo voltou à empresa. Desta vez, à convite da diretoria para assistir uma partida de futebol. “O meu irmão está se sentindo em casa, admirado demais com tudo. Para nós, familiares, foi até uma surpresa muito grande. Afinal, ele queria apenas conhecer os ônibus, e agora já foi levado até para ver uma partida de futebol fora da cidade. Não temos palavras para agradecer”, concluiu Beatriz.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.