Foto: Enzo Gabriel/GIRO Serra

Chuva afeta a operação de 27 linhas de ônibus em Petrópolis

Entre as operadoras mais afetadas estão a Petro Ita e Cidade Real.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Queda de árvore, transbordamento de rio e interdição viária são alguns dos fatores que estão impactando a operação de 27 linhas de ônibus que atendem a cidade de Petrópolis, nesta segunda-feira (1º). Entre as operadoras mais afetadas estão a Petro Ita e Cidade Real.

Por volta das 12h30, a forte chuva interditou completamente a Rua Coronel Veiga, após o transbordamento do rio. Cerca de 20 linhas de ônibus que seguiam pela localidade tiveram o itinerário desviado pelo bairro Castelânea por um período de duas horas, sofrendo atrasos de até 10 minutos. Duas horas depois, às 14h30, a via foi liberada e a operação restabelecida normalmente na região.

Entre as linhas afetadas no trecho estão a 401 – Alto Independência, 402 – Taquara, 404 – Duques, 406 – Doutor Thouzet, 408 – Vital Brasil, 422 – Amazonas, 424 – Vila Hípica, 425 – Getúlio Vargas, 428 – Vila Hípica, 435 – Alto Independência, 437 – Amazonas, 446 – Siméria, 448 – Olga Castrioto, 449 – Capitão Paladini, 454 – Vila Hípica, 463 – Alto Independência, 465 – Amazonas, 466 – Alagoas, 467 – Honduras e 480 – Coronel Veiga.

Já o ônibus que faz a linha 211 – Valparaíso está parando aproximadamente um quilômetro antes do ponto final, em razão do afundamento da Rua Joaquim Cesário da Costa, pela manhã. Com isso, o coletivo está manobrando na localidade popularmente conhecida como “Chapa 4”, na mesma área de manobra da linha 204 – Valparaíso.

A empresa Cidade Real teve, por volta das 15h, o itinerário de cinco linhas de ônibus alterado, após a queda de uma árvore na Rua Coronel Duarte da Silveira, localidade popularmente conhecida como “Morro do Brito”. O trecho está totalmente interditado para o fluxo de veículos grandes. Com isso, as linhas 019 – Duarte da Silveira (Executivo), 110 – Duarte da Silveira, 116 – Dias de Oliveira, 140 – Comunidade Vitória e 190 – Duarte da Silveira estão utilizando a BR-040 para os trajetos de ida e volta. O trecho sem atendimento corresponde entre a entrada do Centenário e a Rua João Xavier.

A queda de uma árvore em um trecho na comunidade Alto da Derrubada também está prejudicando a operação das linhas 122 – Fazenda Inglesa e 137 – Fazenda Inglesa (via Estrada do Contorno), que está fechado para a circulação de veículos grandes. Com isso, os ônibus estão acessando a BR-040 e seguindo em direção ao posto Brasão, para atender ao ponto final, sentido bairro. Já a linha 122, no sentido Centro, está utilizando a BR-040, retornando próximo ao Duarte da Silveira, para acessar o bairro Mosela pela Comunidade São Francisco, no Moinho Preto.

O Setranspetro orienta que os passageiros baixem gratuitamente o aplicativo “Vá de Ônibus” para saber, em tempo real, o momento em que o coletivo vai chegar ao ponto. Aos clientes da Turp Transporte, também está disponível o aplicativo “Cittamobi”.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.