O chefe de Polícia delegado Rivaldo Barbosa se reuniu na tarde dessa segunda-feira (16) com familiares da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, assassinados em março desse ano.

  • Recebemos hoje os familiares da Marielle e do Anderson como um protocolo estabelecido pelas delegacias de homicídios para aproximação com os familiares das vítimas. Entendemos e compreendemos os anseios da família e da sociedade por uma resposta rápida, mas a Polícia Civil tem seus protocolos e eles estão sendo seguidos. Estamos nos empenhando ao máximo para esclarecer o mais rápido possível esse caso – afirmou o chefe de polícia, delegado Rivaldo Barbosa.

O encontro aconteceu na chefia da Polícia Civil e contou ainda com a presença do deputado estadual Marcelo Freixo que elogiou o empenho na Polícia Civil nas investigações.

  • É importante esse encontro porque a família recebeu as informações para que tenha certeza de que as investigações estão em andamento. Não é um caso simples, nem corriqueiro, mas sabemos que está tendo total empenho da Polícia Civil e isso é o que é mais importante para a família.

A companheira da vereador Marielle, Mônica Benício, falou sobre o encontro e disse que os familiares saíram mais acalentados da reunião.

  • Estamos todos cientes de que não é um caso fácil, mas estamos diante de uma equipe técnica altamente qualificada cuidando das investigações que nos garantiram não qualquer resultado, mas o resultado correto. Estamos aguardando e aguardaremos o tempo necessário que for para ter a verdade, para ter este caso esclarecido como deve ser, com justiça.

Participaram do encontro Agatha Arnaus Reis, esposa de Anderson; Roberto Vilela Junior, cunhado de Anderson; Antonio Francisco da SIlva Neto, pai de Marielle; Luyara Francisco dos Santos, filha de Marielle; e Marinete da Silva, mãe de Marielle.

Fonte: Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro