Foto: Divulgação/Acervo IBGE

Censo | IBGE abre inscrição para 157 vagas com salário de até R$ 3 mil

As inscrições devem ser feitas de forma presencial.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abre nesta quarta-feira (10) um novo processo seletivo simplificado complementar para a função de agente de pesquisas e mapeamento e supervisor de coleta e qualidade, com uma oferta total de 157 vagas. As inscrições vão até o dia 16 de agosto, de forma presencial e não haverá cobrança de taxa de inscrição.

Os postos de inscrição estão distribuídos por alguns estados. No Rio, por exemplo, fica em Macaé. As chances são também para cidades de Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Alagoas.

O edital da seleção estará disponível no site. Os candidatos deverão entregar o formulário de inscrição disponível no edital, preenchido e assinado, no posto de inscrição. Além disso, deverão apresentar a documentação original ou as cópias autenticadas no momento da contratação.

Cargos e Remunerações

No caso do agente de pesquisas e mapeamento, serão oferecidas 152 vagas, com remuneração oferecida é de R$ 1.387,50.

Esses profissionais vão visitar domicílios e estabelecimentos comerciais, industriais e agropecuários, de serviços e órgãos públicos, para a coleta de dados; realizar e/ou agendar entrevistas presenciais ou por telefone, registrando os dados em questionários impressos ou em meio eletrônico; realizar levantamento completo dos endereços de sua área de trabalho; e coletar informações sobre as características urbanísticas da área, entre outras atividades.

Já para a vaga de supervisor de coleta e qualidade, serão abertas cinco vagas, com remuneração de R$ 3.100.

Esses trabalhadores serão responsáveis por gerenciar os trabalhos desenvolvidos nas agências de coleta; controlar a produção e a qualidade das atividades de coleta e dos levantamentos; realizar avaliação técnica dos questionários coletados; avaliar os dados atualizados recebidos, comparando-os com as informações de anos anteriores (quando existentes e cabíveis); e participar e/ou ministrar treinamentos, entre outras atividades.

Nos dois casos, a jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. O contrato de trabalho terá duração de um ano.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.