Depois de finalizar a construção de 22 gavetas em outubro, o Cemitério Municipal agora tem mais 17. Os espaços de sepultamento serão utilizados já a partir desta terça-feira (05.11). As obras foram possíveis graças a uma parceria público-privada com as funerárias da cidade, que forneceram o material necessário enquanto a prefeitura entrou com a mão de obra. Essa cooperação para ampliar a capacidade do maior cemitério de Petrópolis continua e outras 16 gavetas já estão sendo feitas. O objetivo é ter 88 novas vagas até o fim do ano.

As gavetas prontas e as que estão em construção ficam na quadra 11 (fundos). A previsão é que as próximas vagas fiquem prontas ainda no mês de novembro. Depois disso, outras 33 serão iniciadas na quadra 19.

“No ano passado, já haviam sido construídas 66 gavetas em parceria com a iniciativa privada e esse ano estão sendo feitas mais 88. Desde 2010 que o Cemitério Municipal não tinha a construção desse número de vagas e o trabalho feito agora é justamente para reverter esse quadro de falta de investimentos nos cemitérios da cidade”, diz o prefeito Bernardo Rossi.

As vagas novas estão sendo construídas para suprir a necessidade que existe desde a interdição de 315 gavetas em 2008 após um deslizamento de encosta. Uma gaveta pode ser alugada por três anos e ela é disponibilizada novamente após a exumação.

“O número de exumações varia, pode ser maior ou menor a cada dia. As gavetas novas atendem à demanda que o cemitério recebe e só é possível graças à parceria com as funerárias”, destaca o secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Djalma Januzzi.

O Cemitério Municipal possui 2,4 mil gavetas, além de oito mil sepulturas perpétuas e cerca de 1,2 mil covas rasas. A cidade ainda tem outros seis cemitérios: Itaipava, Secretário, Vale das Videiras, Garibu (Posse), Brejal e Quarteirão Worms (km 92 da BR-040).