Aconteceu na tarde desta segunda-feira (15), por volta das 14h (horário de Brasília, 19h horário local), um incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, de acordo com a agência de notícias Reuters. Os primeiros relatos vieram pelas redes sociais e foi confirmada pelos bombeiros, que estão trabalhando para controlar as chamas. A área foi interditada pela polícia que faz a retirada dos turistas que se encontravam na Igreja.  A televisão France 2 relatou que a polícia estava tratando o incidente como um acidente.

A catedral passa por um processo de restauração em sua torre estimado em US$ 6,8 milhões (R$ 26,8 milhões). Essa é a primeira vez desde 1930 que o telhado do monumento é reformado.

Segundo testemunhas, a fumaça saia do topo da Catedral, pelas duas torres dos sinos, os bombeiros estão no local tentando controlar as chamas.  A Catedral é visitada por milhares de turistas todos os dias. A área está isolada e de acordo com a EFE, a polícia está retirando os que estavam dentro da catedral.

O Presidente Francês, Emmanuel Macron, que faria um pronunciamento oficial às 20h (15h) na televisão, apresentando medidas em resposta ao movimento dos “coletes amarelos”, adiou sua intervenção.

Emmanuel Macron está a caminho da Catedral e nas redes sociais se pronunciou afirmando que não há feridos no acidente e disse que é a “Emoção de uma nação inteira. Pensado para todos os católicos e para todos os franceses. Como todos os nossos compatriotas, estou triste esta noite para ver esta parte de nós queimar”.

A Prefeita de Paris Anne Hidalgo lamenta o ocorrido. “Um terrível incêndio está em curso na catedral de Notre-Dame em Paris. Os bombeiros estão tentando controlar as chamas. Estamos mobilizados no local com a diocese de Paris. Peço a todos que respeitem o perímetro de segurança”, escreveu a Prefeita no Twitter.

Kaissia Rouan, turista que estava no parque adjacente à catedral, afirmou à EFE que, “quando os bombeiros chegaram, já havia muitas chamas que saíam do telhado, vimos muita fumaça, pensávamos que era por causa das obras que estão sendo feitas. Cada vez havia mais, então fomos para a parte da frente e nos retiraram para evitar que a fumaça nos afetasse. Vimos as chamas saírem da catedral. É muito triste”, contou, visivelmente abalada.

Construída em estilo Medieval, que remonta ao século XII, a Catedral é famosa por aparecer no romance clássico de Victor Hugo, “O Corcunda de Notre-Dame”.

A igreja está localizada na Île de la Cité (uma pequena ilha no centro de Paris, rodeada pelas águas do rio Sena).