Casa de Petrópolis terá rodada de conversa sobre bicentenário do México

Objetivo é falar sobre a história da Independência mexicana fazendo uma releitura devido às mudanças políticas que o país enfrenta 200 anos depois.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Casa de Petrópolis Instituto de Cultura está promovendo uma rodada de conversas sobre o bicentenário mexicano em parceria com o consulado do México. Os bate-papos vão ocorrer nos dias 26 de maio e 4 de junho, às 18h30. Este é o primeiro evento internacional do espaço que reabriu ao público em dezembro do ano passado com a finalidade de reunir eventos culturais e aproximar a sociedade da história e arquitetura do casarão histórico do século 19.

O objetivo das rodadas de conversa é contar a história da segunda etapa da Independência do México, que começou em 1810. “Está sendo feita uma releitura dos significados e dos personagens que fazem parte desse momento devido às mudanças políticas que o país está enfrentando”, diz Rachel Wider, historiadora e diretora executiva da Casa de Petrópolis.

Rachel vai participar dos dois encontros ao lado dos convidados. No dia 26 de maio, a conversa vai contar com a presença do Cônsul do México, Héctor Valezzi, e do historiador Álvaro Penalva Rodrigues. Eles vão abordar uma perspectiva 200 anos após a consumação da independência mexicana.

Já no dia 4 de junho, participam do bate-papo Adolfo Zepeda, do Consulado do México no Rio de Janeiro e a restauradora Luciana Lopes. Na ocasião, os três vão falar sobre os mistérios envolvendo a instalação do monumento da Águia e da serpente no jardim da Praça Visconde de Mauá, em frente à Câmara Municipal.

“O tema vem de encontro a uma necessidade de pesquisa, pois a águia e a serpente são símbolos do México. Então precisamos entender como aquilo foi parar ali. Qual é o significado por trás, quais documentos temos e quais são as falhas documentais?”, afirma Rachel.

Apenas 28 pessoas poderão participar de cada bate-papo devido às regras de distanciamento social e protocolos de segurança contra covid-19. Lembrando que a Casa de Petrópolis segue à risca as determinações dos órgãos de saúde.

Os interessados em participar das conversas devem se inscrever gratuitamente pelo e-mail: [email protected]. Poderão participar dos bate-papos as primeiras 28 pessoas inscritas. Haverá também uma fila de espera caso haja desistência.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.