Carregamento com 10 mil munições de uso restrito e meia tonelada de maconha são apreendidos na BR-040

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Um carregamento com 10 mil munições de uso restrito, dezenas de carregadores, uma pistola e meia tonelada de maconha foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Três homens foram presos suspeitos de tráfico de armas, drogas e receptação. O caso aconteceu na rodovia Washington Luiz (BR-040), em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, na tarde de sexta-feira (16).

Por volta das 13h, policiais rodoviários federais faziam patrulhamento na rodovia, quando desconfiaram dos ocupantes de dois carros e decidiram abordá-los. Durante a abordagem, verificaram que os veículos possuíam milhares de reais em multas, além de estarem com placas clonadas e possuírem registro de roubo. Eles tinham rádios comunicadores utilizados por batedores para o tráfico de armas e drogas.

O motorista de outro carro que vinha logo em seguida, abandonou o veículo e correu para um matagal às margens da rodovia. Dentro do automóvel, foram encontrados diversos tabletes de maconha espalhados por toda a parte. Havia também milhares de munições, dezenas de carregadores e uma arma. Os policiais fizeram buscas na região, mas não conseguiram localizar o fugitivo. Três homens que estavam nos outros dois veículos confessaram que faziam a escolta do carregamento vindo como ‘batedores’ na frente.

Foram apreendidas 10 mil munições de uso restrito – calibres 9mm e .40 –, 55 carregadores, uma pistola e aproximadamente meia tonelada de maconha. Os suspeitos, de 33, 37 e 38 anos, contaram que buscaram o material em Foz do Iguaçu, no Paraná, na fronteira com o Paraguai. Eles disseram ainda que fariam a entrega na favela Beira Mar, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme). A ação faz parte da operação Égide, que reforça o policiamento nas rodovias federais do estado.

Fonte: Polícia Rodoviária Federal

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.