Foto: Divulgação

Cantor Belo é solto um dia após prisão por fazer show clandestino no Rio

Belo e os demais investigados vão responder por quatro crimes: infração de medida sanitária, crime de epidemia, invasão de prédio público e associação criminosa.

O cantor Belo deixou a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio por volta das 11h desta quinta-feira (18). O desembargador Milton Fernandes de Souza aceitou o pedido de habeas corpus da defesa nesta madrugada e mandou expedir um alvará de soltura.

A saída do cantor do presídio foi tumultuada por conta da presença de fãs que estavam na porta da cadeia e saudavam o artista enquanto ele passava.

Belo foi preso pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) na quarta-feira (17). A prisão foi decretada pela realização de um show na Favela Parque União, no Complexo da Maré, no sábado (13). O evento ocorreu sem autorização. A polícia também apura a ivasão ao colégio público onde foi realizada a apresentação. Segundo a investigação, salas de aula foram usadas como camarotes.

O show de Belo foi realizado por R$ 65 mil, com pagamento em cinco parcelas. O documento que comprova foi entregue pela defesa à polícia.

Belo e os demais investigados vão responder por quatro crimes: infração de medida sanitária, crime de epidemia, invasão de prédio público e associação criminosa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também