Canil da Guarda encontra drogas em novas operações de combate ao tráfico

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O canil da Guarda Civil voltou a encontrar drogas em novas operações para o combate ao tráfico na cidade. As ações ocorreram no fim da tarde desta segunda-feira (16.07) na Praça da Liberdade e no Parque Ipiranga. Um homem foi conduzido como usuário de drogas para a 105ª Delegacia de Polícia, no Retiro, prestou depoimento e foi liberado pela polícia.

O canil possui dois pastores holandeses que são utilizados no trabalho de detecção de drogas, armas e explosivos. Desde abril de 2017, quando foi inaugurado o canil, os animais localizaram mais de 40 mil pinos de cocaína. Só em 2019, foram mais de 15 kg de maconha encontrados. Só neste ano, o canil já participou de mais de 50 operações de rotina e em apoio às polícias Militar e Civil.

“Mais uma vez o canil mostra a importância dessa ferramenta na segurança da cidade. Os cães vêm fazendo um trabalho extremamente positivo no combate ao tráfico de drogas na cidade”, diz o prefeito Bernardo Rossi.

No primeiro caso, em ação de rotina, a cadela Scolt encontrou um tablete, duas trouxinhas e um cigarro de maconha escondidos no canteiro próximo à margem do rio. Foram feitas abordagens, mas ninguém foi identificado como responsável pela droga. O material apreendido foi levado pelos agentes que participaram da operação para a delegacia do Retiro.

A cadela também foi levada ao Parque Ipiranga, onde detectou um casal com cigarros de maconha – ambos têm 18 anos. Os dois foram levados para a 105ª DP e, em depoimento, o rapaz disse que a droga pertencia a ele.

“Essas ações são frequentes na cidade. Na semana passada, já havíamos feito a prisão de um homem que estava com drogas na Praça e conduzimos três como usuários que foram encontrados no Parque Ipiranga. Essas ações vão continuar e o canil seguirá sendo muito importante para o combate ao tráfico na nossa cidade”, afirma o comandante da Guarda, Jeferson Calomeni.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.