A Companhia de Cães da Guarda Civil de Teresópolis participou junto com a Guarda Civil de Petrópolis do projeto de Cinoterapia – terapia com o auxílio de cães, que aconteceu no Centro de Terapia Oncológica (CTO), nesta terça-feira (24.07). O trabalho com os cães quey a Guarda Municipal realiza na cidade, virou modelo para ações das guardas de outros municípios. A parceria entre as cidades tem o objetivo de expandir o projeto de Cinoterapia, levando alegria aos pacientes oncológicos.

Os filhotes de Golden Retriever, Chico e Jujuba fizeram a alegria dos pacientes, funcionários e visitantes. É a segunda vez que os cãezinhos visitam o Centro com o projeto de Cinoterapia. O coordenador técnico do canil, Leandro Lopes lembra que os cachorros possuem as liberações do veterinário, como vermifugação, processo de vacinação em andamento e todas as precauções de saúde para participarem das visitas.

“Estamos felizes com a presença da Guarda Civil de Teresópolis participando junto com nossa equipe do projeto. Esperamos que essa parceria das guardas, com o projeto de Cinoterapia, expanda a alegria para quem precisa”, disse o Comandante da Guarda Civil Jeferson Calomeni.

Segundo o agente de Teresópolis, Rezende, o canil da Companhia de Cães de sua cidade, existe há 6 anos e possui 10 animais. “Em Teresópolis trabalhamos com os cães em atividades de detecção de drogas e eventos de proteção, em parceria com a Polícia Militar. É a primeira vez que acompanho um trabalho de Cinoterapia. Estamos iniciando a experiência para começar o projeto em nossa cidade”, contou o agente.

“É muito bacana e muda o ambiente. Traz muita alegria! Eu mesma adoro, pois tenho dois cachorrinhos em casa. Eles trazem conforto ao nosso tratamento aqui”, contou Maria da Glória Gomes de Jesus de Oliveira, que faz o tratamento há 3 anos e já está no processo de acompanhamento.

A psicóloga do CTO, Cristina Volker relata que estudos que mostram eficiência com a participação dos animais na vida dos pacientes. “A visita dos animais faz um diferencial na melhora para com o enfrentamento da doença e também quanto à resposta a cada caso. Auxilia na parte emocional e social que consequentemente afasta da solidão, ansiedade, do estresse e depressão. Esse é um trabalho diferenciado aqui no CTO, que é uma clínica de doença crônica” afirma a psicóloga.

“Queremos expandir o projeto e levar Jujuba e Chico para Teresópolis também. A parceria com o município sempre foi muito grande” contou o coordenador Leandro Lopes.

Coordenador do canil da Guarda Civil representa Município em Congresso

No último sábado (21.07) o Coordenador do Canil da Guarda Civil de Petrópolis, Leandro Lopes, representou o município ministrando uma palestra no primeiro Congresso de Cães de Polícia da unidade K9 Internacional, que aconteceu em Barra Mansa-RJ. Na ocasião estiveram presentes os principais treinadores de cães do Brasil, além de representantes do Batalhão de Ações com Cães da Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro, equipes de Choque de São Paulo, Policia Federal, Exercito e cinotécnicos como Jorge Pereira.