A Secretaria de Saúde está prorrogando o prazo da Campanha de Vacinação Contra a Gripe, que se encerraria nesta sexta-feira (15.06). A medida segue a orientação do Ministério da Saúde, para dar mais uma oportunidade para as pessoas dos grupos de riscos se vacinarem, principalmente as crianças e gestantes. Até o momento, foram aplicadas 60.233 doses da vacina, sendo 64% do público alvo imunizado.

No município, 93 mil pessoas fazem parte do público alvo da campanha e a expectativa da Secretaria de Saúde é de que 90% deste público seja imunizado. No ano passado, foram vacinadas 77.923 pessoas o que representou 82,63% da meta de imunização.

“A vacinação é a forma mais eficaz de prevenir a gripe. A imunização deve ser feita antes da chegada do inverno. Estamos mantendo a vacina disponível em 40 unidades para facilitar o acesso à população. Para que quando o frio mais rigoroso chegar, toda população que precisa tomar a vacina, esteja protegida”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Devem ser vacinados idosos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), crianças de seis meses a menores de cinco anos, doentes crônicos (com apresentação de indicação médica), profissionais da Saúde e professores. Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também podem ser imunizadas, mas devem apresentar indicação médica.

As crianças de seis meses a cinco anos de idade e as gestantes, que estão entre os grupos prioritários mais vulneráveis à gripe, registram os menores índices de vacinação, com cobertura de apenas 39,6% e 44,6%, respectivamente, em Petrópolis. A partir do dia 25 de junho, caso haja disponibilidade de vacinas nos estados e municípios, a orientação do Ministério da Saúde é que a vacinação poderá ser ampliada para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos.

Entre os subtipos do vírus influenza os mais frequentes em humanos são: A (H1N1), A (H3N2) e Influenza B, que podem ser prevenidos com a vacina e com medidas simples de higiene.

“A gripe pode ser provocada pelo vírus Influenza, e se agravar entre a população mais vulnerável à doença. A vacinação é a forma mais segura e eficaz para prevenir a gripe e suas complicações e, por isso, é essencial que as pessoas procurem os postos para se vacinar”, destaca o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

A diretora do departamento de Vigilância em Saúde, Elisabeth Wildberger alerta que a imunidade contra a doença ocorre somente entre 10 a 15 dias após a aplicação da vacina. Ela lembra que a transmissão da gripe ocorre pelo contato com pessoas infectadas, ao tossir, espirrar ou falar, e alerta para os cuidados.

“A transmissão da gripe pode ocorrer pelo contato com pessoas infectadas, por isso, as mudanças de hábitos podem ajudar na prevenção, como manter as mãos sempre limpas, utilizar álcool gel; não compartilhar objetos de uso pessoal e evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe”, pontua.

O atendimento nos 40 locais de vacinação está disponível até o dia 22, de 8 às 16h – com intervalo de 1h para almoço.

 

Confira a lista de postos:

Centro de Saúde Professor Manoel José Ferreira

PSF Caxambú

PSF 24 de Maio

PSF Alto da Serra

PSF Meio da Serra

UBS Morin

PSF Vila Felipe

PSF São Sebastião

PSF Alto Siméria

PSF Dr. Thouzet

UBS Alto Independência

UBS Quitandinha

PSF Vila Saúde

PSF Santa Trindade

PSF Bairro Castrioto

PSF Comunidade São João Batista

UBS Mosela

PSF Moinho Preto

PSF Bataillard

PSF Pedras Brancas

Ambulatório Escola

UBS Itamarati

Hospital Alcides Carneiro

UBS Retiro

PSF Castelo São Manoel

PSF Jardim Salvador

PSF Carangola

PSF Vale do Carangola

PSF Fazenda Inglesa

PSF Vale das Videiras

PSF Bonfim

PSF Águas Lindas

UBS Itaipava

PSF Comunidade 1º de Maio

UBS Pedro do Rio

PSF Vila Rica

PSF Secretário

PSF Posse

PSF Brejal

Coordenação de Epidemiologia no Hospital Municipal Dr. Nelson de Sá Earp