A um dia do encerramento do Serviço de Castração gratuita, realizado pela Prefeitura, foram registradas mais de 850 cirurgias em cães e gatos. A expectativa é de que, a segunda etapa da campanha municipal, ultrapasse a marca de mil animais castrados. Desde a última quinta-feira (22.11), cerca de 30 profissionais realizaram aproximadamente 200 procedimentos por dia. Para diminuir o índice de ausências, está sendo oferecido o transporte para os animais das famílias de localidades mais distantes.

A partir da retomada da política de castração no município, mais de 2.500 animais já foram castrados na cidade. A estimativa é de que, após Itaipava, mais uma campanha seja realizada na Posse. “O nosso objetivo é estabelecer uma política de cuidado com o animal que alcance as regiões que mais necessitam. Os resultados das últimas campanhas de castração contribuem muito com as ações de controle de zoonoses e equilíbrio da população animal da cidade”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Além da estrutura com a disponibilização de transporte para os animais, a campanha contou com a parceria de grupos de proteção animal, para o direcionamento de pessoas que aguardam por cirurgias de castração. “A campanha já percorreu várias regiões da cidade e sempre buscamos o apoio dos protetores de animais, de cada localidade, para contemplar o maior número de pessoas possível. O transporte também é uma grande ajuda, pois muitas pessoas precisam e não têm como trazer os animais. O retorno do animal após a cirurgia é ainda mais dificultado”, destaca a coordenadora da campanha, Maria Beatriz Pellegrini.

Na última segunda-feira (26.11), os moradores do bairro Madame Machado, conseguiram transporte de ida e volta para os animais. Para esta quarta-feira (28.11), último dia da campanha, há um grande número de animais da região do Cuiabá agendado. “Vamos ter transporte em diferentes horários para buscar e retornar com os animais”, destaca a coordenadora Maria Beatriz, reforçando que a medida contribui para que haja menos faltas. “No primeiro dia tivemos um número grande de faltas, o nos dias seguintes foi normalizando. É importante que as pessoas não deixem de comparecer, tendo em vista que a campanha continuará, mas será focada para o atendimento de outras regiões”, reforça.

O vice-presidente do Grupo de Assistência e Proteção aos Animais (GAPA), Carlos Fernando Motta destaca a necessidade de se fazer esse tipo de ação com mais frequência. “Esse serviço é um ganho para a cidade, tendo em vista que é uma das medidas mais eficazes para controle da população animal. Ficamos particularmente felizes em participar dessa iniciativa, pois conhecemos a região, podemos fazer uma seleção correta das pessoas que realmente precisam”, ressalta Carlos Fernando, frisando que a demanda na região é grande.

A dona de casa Sandra Cardoso, de 57 anos, é uma das pessoas que conseguiu agendamento para castrar seu cachorro, o Francisco, nesta terça-feira (26.11), através do GAPA. “Estou muito agradecida por ter conseguido, estou desempregada e não seria possível pagar para fazer a castração”, destaca. Amanhã, a campanha continua com o atendimento no parque para os animais previamente agendados.