A Campanha Nacional de Vacinação Contra Sarampo e Poliomielite imunizou, até esta sexta-feira (10.08), 980 crianças, em Petrópolis. A Campanha vai até o dia 31 deste mês, com a participação de 15 salas de vacinação, que estão atendendo crianças entre um ano e menores de cinco, que são o público alvo da estratégia da imunização. A estimativa da Secretaria de Saúde é imunizar um total de 14 mil crianças neste período.

“Os pais devem se conscientizar que precisam levar os filhos para tomar a vacina e ficar imune. É necessário levar a caderneta de vacinação. Todas as crianças desta faixa etária devem ser vacinadas, mesmo as que já tenham sido imunizadas anteriormente. A maior prevenção é a vacina. É importante também manter o Calendário Nacional de Vacinação atualizado”, diz o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

A baixa procura pela atualização do Calendário Nacional de Vacinação chama a atenção em todo o Brasil. Em Petrópolis, a poliomielite fechou o ano de 2017 com 71% do público vacinados. Outra doença alvo da campanha em todo o país é o sarampo. Há 26 anos Petrópolis não registra casos da doença.

“As vacinas são seguras e estimulam o sistema imunológico a proteger a pessoa contra doenças transmissíveis. Porém, para algumas delas, a cobertura vacinal é baixa. É o caso dessas duas doenças que são alvos da Campanha”, explica Silmar Fortes.

Apesar das mais de duas décadas sem registros de sarampo no município, a Secretaria de Saúde conta com unidades básicas, de urgência e emergência e hospitais em contato constante realizando monitoramento para rápida atuação em caso de suspeita da doença. A cobertura vacinal da triviral, que previne, além do sarampo, a rubéola e a caxumba, terminou o ano passado com 73% do público vacinados.

“É importante que as pessoas não deixem para a última hora e levem seus filhos aos postos de saúde agora, no começo da campanha. Estamos com as 15 salas oferecendo a vacinação e no dia 18, Dia D de imunização em todo o Brasil, mais 14 postos estarão atuando. Serão, ao todo, 29 locais com a vacina neste dia, em todo o município”, destaca a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Alessandra Cardoso.

Para a enfermeira Fabiana Gonçalves, de 44 anos, levar os filhos para atualizar o quadro vacinal é um gesto de responsabilidade. Ela não deixou para depois e aproveitou logo a primeira semana da Campanha para imunizar a filha Mariana, de três anos.

“Sou muito rígida, principalmente quando o assunto é a saúde dos meus filhos. Não quero deixar para o fim da campanha, pois posso acabar encontrando filas ou ter outras dificuldades para trazê-la. A conscientização é fundamental para impedir que estas doenças voltem”, comentou Fabiana.

 

Confira a lista com as salas de vacinação durante a Campanha:

PSF Alto da Serra

PSF Posse

PSF São Sebastião

UBS Alto Independência

UBS Morin

UBS Mosela

UBS Itaipava

UBS Pedro do Rio

UBS Quitandinha

UBS Retiro

Centro de Saúde Coletiva

Centro de Saúde no Itamarati

Ambulatório Escola

Epidemiologia (ao lado do Hospital Municipal Doutor Nelson de Sá Earp)

Hospital Alcides Carneiro (HAC)