Um homem ateou fogo no próprio carro, na tarde desta terça-feira (29), após ver vários veículos aguardando abastecimento em um posto de combustíveis, na rotatória da Dez de Dezembro, em Londrina.

Aos gritos, homem que se identificou como caminhoneiro, disse que não via a esposa e o filho há mais de 10 dias e ressaltou que é preciso sacrifício para salvar o País.

“Todo mundo aqui tá satisfeito com os impostos que tão pagando? Todo mundo aqui tá feliz com a tributação? Com vocês fazendo isso [parados na fila do abastecimento] daqui uns dias o governo vai sancionar uma lei proibindo a manifestação dos caminhoneiros”, gritou o homem que não teve o nome divulgado.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar o incêndio. A Fiorino ficou completamente destruída.

Em Campo Mourão, caminhoneiros abordaram os motoristas que aguardavam na fila para abastecimento em um posto e pediram apoio à greve.

“Nossa manifestação está perdendo força por causa de vocês. Se vocês deixassem de abastecer o carro e viessem ajudar a situação não estava desse jeito. Até quando vamos viver neste país que toma todo nosso dinheiro nos impostos”, disse um caminhoneiro revoltado.

(Com informações de Gustavo Andrade)