Câmara aprova proposta de vacinação domiciliar para idosos e PCD

A proposta segue para o Poder Executivo.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Câmara Municipal aprovou, na última terça-feira (25), a indicação da vereadora Gilda Beatriz (PSD) que dispõe sobre a necessidade da criação de um programa para que pessoas com 60 anos ou mais e aqueles que tenham mobilidade reduzida possam ser vacinados em casa.

Segundo o projeto, será necessário comprovar a condição através de atestado médico, podendo o benefício ser solicitado pelo paciente, pelos familiares ou pelos responsáveis legais. “O maior propósito da vacinação é prevenir e evitar doenças, mas, infelizmente, alguns possuem dificuldades para terem acesso ao serviço. Além do mais, idosos e pessoas com deficiência precisam se resguardar, especialmente, no período de pandemia que estamos vivendo”, diz a vereadora.

A elaboração do Programa de Vacinação Domiciliar do Idoso e da Pessoa com Deficiência contempla a Rede Municipal de Saúde para a aplicação de determinadas vacinas, prioritariamente durante os programas de imunização sazonais fixados pelo Poder Público.

A proposta segue para o Poder Executivo.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.