Câmara aprova Projeto de Lei para garantir que animais abandonados possam ser alimentados nas ruas

Destruir utensílios para acomodar água e alimentos, impedir que voluntários ofereçam suporte básico ou que veterinários atendam os animais podem acarretar advertência, suspensão e multa, caso o infrator seja servidor público ou advertência e multa, em caso da população em geral.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Na quarta-feira (03) a Câmara de Vereadores aprovou em segunda discussão o Projeto de Lei nº 1942/2020, de autoria do vereador Dr. Marcos Paulo (PSOL/RJ), para proibir que se impeça o fornecimento de alimentação, água ou assistência veterinária a animais que estejam em situação de rua no município.

Destruir utensílios para acomodar água e alimentos, impedir que voluntários ofereçam suporte básico ou que veterinários atendam os animais podem acarretar advertência, suspensão e multa, caso o infrator seja servidor público ou advertência e multa, em caso da população em geral.

“Infelizmente recebemos diversas denúncias em nosso gabinete de situações em que síndicos, administradores de condomínios ou até moradores impedem a ação solidária de pessoas que se propõem a oferecer alimentação, água e assistência aos animais que vivem abandonados nas ruas da nossa cidade. Com a aprovação dessa lei, vamos impedir que essa atitude desumana aconteça”, explica o vereador Dr. Marcos Paulo, que é membro da Comissão de Direitos dos Animais e fundador da Comissão de Saúde Animal da Câmara RJ.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.