Calor já passa dos 43°C no Brasil

Forte onda de calor se espalha sobre o Brasil. Temperaturas muito acima do normal vão ocorrer nos próximos dias. Confira a lista do Brasil 40+ em 29/9/2020

Uma forte e grande onda de calor se espalha sobre o Brasil e já provoca temperaturas muito elevadas, muito acima do normal, em vários estados brasileiros. Na terça-feira, 29 de setembro, o INMET – Instituto Nacional de Meteorologia registrou 40°C ou mais nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí, Bahia, Minas Gerais e São Paulo .

Dentro desta onda de calor, a maior temperatura do dia 29 de setembro de 2020 foi de 43,4°C, em Nova Maringá. Esta temperatura está entre as mais altas já registradas pelo INMET no país.

O recorde de calor no Brasil até o momento, pelos registros do INMET, é de 44,7°C, em Bom Jesus do Piauí, em 21/11/2005

Nesta quarta-feira, 30 de setembro, o calor de 40°C ou mais volta a ser registrado nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí, Bahia, Minas Gerais e São Paulo. Também podem registrar temperaturas de 40°C ou mais os estados do Pará, Maranhão e Paraná.

Esta onda de calor vai persistir até pelo menos 8 ou 9 de outubro de 2020 e recordes históricos de calor poderão ser quebrados em alguns estados.

Confira abaixo os estados e cidades 40+ em 29/9/2020

Mato Grosso (cidades com temperatura máxima em 29/9/2020)

Nova Maringá – 43.4

Poxoréo – 42.5

Cuiabá – 42.4

Rondonópolis – 42.2

Querência – 41.8

Canarana – 41.7

Padre Ricardo Remetter – 41.6

Diamantino – 41.4

Guiratinga – 41.4

São Félix Do Araguaia – 41.1

Porto Estrela – 40.8

S.J. Do Rio Claro – 40.8

Gaúcha Do Norte – 40.5

Cáceres – 40.4

Serra Nova Dourada – 40.1


Goiás (cidades com temperatura máxima em 29/9/2020)

São Miguel do Araguaia – 42.8

Aragarças – 41.8

Itumbiara – 41.4

Mato Grosso do Sul (cidades com temperatura máxima em 29/9/2020)

Coxim – 42.6

Água Clara – 41.9

Corumbá – 40.6

Sonora – 40.4

Santa Rita do Rio Pardo – 40.0


Tocantins (cidades com temperatura máxima em 29/9/2020)

Araguaçu – 41.7

Paranã – 41.5

Formoso do Araguaia – 41.2

Peixe – 40.8

Palmas – 40.0


Bahia (cidades com temperatura máxima em 29/9/2020)

Ibotirama – 41.7

Piauí (cidades com temperatura máxima em 29/9/2020)

Bom Jesus do Piauí – 40.6


Minas Gerais (cidades com temperatura máxima em 29/9/2020)

Campina Verde – 40.7

Arinos – 40.5

Ituiutaba – 40.5

Januária – 40.4

Unaí – 40.4

Aracuai – 40.2

Januária – 40.2

Conceição das Alagoas – 40.0


São Paulo (cidades com temperatura máxima em 29/9/2020)

Jales – 41.1

Votuporanga – 41.1

Barretos – 40.9

Ituverava – 40.7

Ariranha – 40.0

Sobre a Climatempo

Com solidez de 30 anos de mercado e fornecendo assessoria meteorológica de qualidade para os principais segmentos, a Climatempo é sinônimo de inovação. Foi a primeira empresa privada a oferecer análises customizadas para diversos setores do mercado, boletins informativos para meios de comunicação, canal 24 horas nas principais operadoras de TV por assinatura e posicionamento digital consolidado com website e aplicativos, que juntos somam 20 milhões de usuários mensais.

Em 2015, passou a investir ainda mais em tecnologia e inovação com a instalação do LABS Climatempo no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP). O LABS atua na pesquisa e no desenvolvimento de soluções para tempo severo, energias renováveis (eólica e solar), hidrologia, comercialização e geração de energia, navegação interior, oceanografia e cidades inteligentes. Principal empresa de consultoria meteorológica do país, em 2019 a Climatempo uniu forças com a norueguesa StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão.

A fusão estratégica dá à Climatempo acesso a novos produtos e sistemas que irão fortalecer ainda mais suas competências e alcance, incluindo soluções focadas nos setores de serviços de energia renovável. O Grupo segue presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 35 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também