Divulgação

Cães e gatos diminuem o estresse e geram alegria no ambiente de trabalho

Romero, um cão da raça pug, pode sentar na mesa de reunião da empresa motoboy.com junto dos demais funcionários. E ele ainda ocupa, sem cerimônia, a cadeira da ponta, geralmente destinada ao “boss” ou chefe. Há cinco anos, quando a startup dava seus primeiros passos funcionando dentro da casa de seu fundador Jonathan Pirovano, em Joinville (SC), Romero já morava lá e circulava por todos os cômodos.

Quando o negócio se expandiu, Jonathan sentiu necessidade de se mudar com Romero para outro endereço, mas a equipe toda sentia falta do simpático cãozinho. Então Jonathan resolveu permitir que Romero passasse alguns dias da semana no escritório para alegria de todos.

“Ele participa de vários momentos junto com os colaboradores. Percebemos que a presença dele tem proporcionado momentos de descontração, com a equipe querendo tirar fotos com ele, abraçar e curtir sua companhia, principalmente nos dias de maior estresse”, conta o empresário. “Com certeza afeta positivamente a produtividade, ao mesmo tempo em que possibilita momentos de maior integração entre todos”, assinala.

Outra empresa catarinense, a WK Sistemas, que desenvolve softwares para gestão de empresas e se localiza em Blumenau, criou uma escala para que seus colaboradores possam levar os animais domésticos para passar o dia com eles. A empresa também tem um Pet Day anual, quando todos podem levar ao trabalho seus companheiros de quatro patas.

“Além dos cães, tem colaborador que leva porquinho da índia e até galinha. A WK entende a importância que os animais domésticos têm na vida das pessoas e, por isso, propiciamos um espaço para eles como uma forma de deixar o dia dos colaboradores mais alegre. É uma iniciativa que reforça nosso compromisso com o bem-estar dos nossos profissionais”, diz a diretora administrativa, Cláudia Denardi Rutzen.

Fonte: Anda

Crédito da foto: Divulgação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também