Cadastro para desconto no IPTU com Nota Imperial encerra dia 31 Nota de serviços gera abatimento de até 20% do imposto

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Contribuintes que ainda não se cadastraram para receber desconto no IPTU com créditos da Nota Imperial, devem se apressar em acessar até esta quarta-feira (31.10) o site da prefeitura para informar os dados e garantir assim o abatimento de até 20% no valor do imposto já para o ano de 2019.

O desconto no imposto é o resultado do acumulo de créditos cada vez que o cliente paga por um serviço e exige a nota fiscal de serviço eletrônica. O benefício é acumulado com o pagamento de mensalidades de academia, escolas e cursos, despesas com transporte, serviços de beleza, banho e tosa de animais, entre outros que gerem o pagamento de ISS por parte do prestador.

Para participar basta acessar o site petropolis.rj.gov.br, e clicar no ícone “Sua Nota vale desconto”. Daí em diante, basta que o interessado informe o CPF e faça a indicação do imóvel que receberá os créditos para abatimento no imposto.

“É um direito antigo dos petropolitanos, mas que era algo muito burocrático e que por isso, muitas pessoas acabavam não aproveitando. Agora, com a informatização do sistema da Secretaria de Fazenda acabamos com a burocracia. Hoje o contribuinte consegue, de fato, ter acesso ao benefício de forma rápida e bem fácil”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Formalizando o cadastro no site e exigindo a Nota Imperial quando pagar por um serviço, o proprietário de um imóvel que tenha um IPTU no valor de R$ 1 mil, por exemplo, pode garantir um abatimento até R$ 200, de desconto. Quem já tem o hábito de pedir a Nota Imperial e cadastrar o imóvel até dia 31, já vai receber o abatimento no carnê de IPTU de 2019.

Outra vantagem do novo sistema é que um mesmo imóvel pode ser indicado por diferentes pessoas para receber os créditos. Outro diferencial é que não é mais necessário que o contribuinte acumule notas e vá até a prefeitura abrir um processo para conseguir o desconto.

“Agora, com o novo sistema tudo é feito forma segura e ágil a partir do cadastro de informações no site e da informação do CPF no momento em que a pessoa pede a nota e o prestador a emite em nome do cliente”,pontua a secretária de Fazenda, Elaine Nascimento. O desconto para o IPTU 2019 é válido para notas emitidas no período entre 1º de novembro de 2017 e 31 de outubro deste ano. As notas emitidas a partir de 1º de novembro deste ano, passam a acumular pontos para o IPTU 2020.

Para garantir o desconto é fundamental que no momento em que pagar por um serviço o contribuinte exija a nota e informe também o seu CPF. “Somente com o CPF é possível que o sistema direcione os créditos para o imóvel cadastrado por aquela pessoa, por isso é fundamental que o interessado informe o número do documento na hora da emissão da nota”, aponta a secretária de Fazenda, Elaine Nascimento.

No caso de serviços prestados à pessoa física, o valor contabilizado para desconto no IPTU é de 40% sobre a alíquota recolhida pelo prestador do serviço, referente ao ISS – que varia de 2% a 5%. Com isso, uma nota fiscal por um serviço que o cliente pague R$ 200, por exemplo, e gere o recolhimento de 5% de ISS (R$ 10,) garante ao consumidor que fez o pagamento R$ 4, em crédito para desconto no IPTU. No caso emissão de nota para pessoa jurídica, os créditos são gerados a partir de 20% sobre o valor da alíquota recolhida.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.