A Cabofriense tem uma decisão importante neste domingo (4), às 17h, no Correão, contra o Macaé, pela terceira rodada da Taça Rio. Ainda sem ter pontuado no segundo turno, o jogo é fundamental para as pretensões do tricolor praiano na competição.

A partida é tratada como de “seis pontos”, já que o Macaé está nas últimas posições da classificação geral. Para a Cabofriense é vencer ou vencer, já que além de deixar o rival para trás na tabela de classificação, encerra um jejum de quatro jogos sem vitórias.

“Temos que vencer. Não podemos pensar em outro resultado que não seja a vitória. Claro que respeitando o Macaé. Tivemos uma semana boa de treinos e espero que possamos colocar em prática tudo aquilo que o professor Roy nos passou. É deixar pra trás tudo que aconteceu e buscar fazer diferente de agora em diante. E temos um jogo importante em casa diante da nossa torcida pra sair com os três pontos e encerrar essa fase ruim na competição”, disse o atacante João Carlos.

Cabofriense e Macaé já se enfrentaram este ano: foi pela Seletiva do Campeonato Carioca. A partida também foi no Correão e terminou com vitória de 1 a 0 para o tricolor praiano.

O volante Kaká Mendes espera que o time volte a ter a postura que levou o time a se classificar para o Campeonato Carioca. “Precisamos ser a Cabofriense da Seletiva. Sabemos que todos nós tivemos falhas no coletivo. Todos nós assumimos os erros, mas não podemos errar mais porque é um jogo de seis pontos, uma partida que temos que ganhar. Não vamos vencer de qualquer jeito, temos que ser inteligentes na marcação e também na hora da finalização. Não vamos enfrentar qualquer equipe: o Macaé tem jogadores de qualidade. Precisamos ganhar, ainda mais sendo o jogo dentro da nossa casa”, finalizou o camisa 7.

Os ingressos para a partida serão vendidos no domingo (4), a partir das 15h, nas bilheterias do estádio Correão, no bairro São Cristóvão, em Cabo Frio. A entrada inteira custa  R$ 20, enquanto a meia sai por R$ 10.

Fonte: Prefeitura de Cabo Frio

Crédito da foto: Léo Borges