Foto: Leonardo Benassatto/Reuters

Butantan vai iniciar produção da Butanvac, a primeira vacina 100% brasileira

A vacina é desenvolvida pelo próprio instituto e o primeiro lote de produção será de 1 milhão de doses, sem depender de matéria-prima importada.

O Instituto Butantan anunciou que vai iniciar a produção da Butanvac, possível nova vacina para a Covid-19, nesta quarta-feira (28). A vacina é desenvolvida pelo próprio instituto e o primeiro lote de produção será de 1 milhão de doses, sem depender de matéria-prima importada.

“A novidade de hoje é uma notícia significativa para a ciência brasileira e, por que não, mundial: São Paulo começa hoje a produzir a vacina Butanvac”, disse o governador João Doria (PSDB) em coletiva de imprensa.

Na sexta-feira (26), o Butantan protocolou o pedido na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar os testes clínicos em humanos de fase 1 e 2 do imunizante. Nesta terça-feira (27), a agência solicitou informações adicionais para avaliar se libera a realização do primeiro estudo com a Butanvac. Até agora, a vacina só foi testada em animais.

O Instituto Butantan tem o prazo de até 120 dias para apresentar as informações solicitadas pela agência. Até a resposta do Butantan, o prazo de análise da Anvisa fica interrompido.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também