São Paulo - Vacinação contra covid-19 aos profissionais da saúde do Hospital das Clínicas, no Centro de Convenções Rebouças.

Butantan retoma produção e deve envasar mais de 5 milhões de doses da CoronaVac

Entrega deve ocorrer até o dia 10 de maio.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Instituto Butantan retomou a produção e iniciou o envase de mais de 5 milhões de doses da CoronaVac na noite desta terça-feira (20) O Instituto é responsável pela etapa final de produção da vacina, que consiste no envasem rotulagem e testes de qualidade.

As novas doses estão sendo produzidas a partir dos mais de 3 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) vindo da China e que chegaram ao Brasil na última segunda-feira (19), depois de um atraso de cerca de 20 dias para a chegada da matéria-prima.

O lote do IFA deveria ter chegado até o final de março. Com o atraso, o Butantan deve entregar a entrega das 46 milhões de doses da CoronaVac até 10 de maio.

Após finalizar a entrega dos 46 milhões de doses ao Ministério da Saúde referentes ao primeiro contrato assinado, o Butantan deve entregar mais 54 milhões de doses ao Governo Federal até o fim de setembro.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Observatório Covid-19 alerta para cenário de alto risco

Segundo o estudo, a combinação do número alto de casos com uma ligeira queda no número de óbitos e a maior parte dos estados com alta taxa de ocupação de leitos UTI Covid-19 para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS) é muito preocupante.

Comentários estão fechados.