O RenovaBR prorrogou até o dia 12 de novembro as inscrições para seu processo seletivo de bolsistas. O programa irá capacitar novos talentos que queiram ingressar na política brasileira, podendo candidatar-se a uma vaga no Congresso Nacional em 2018. Os interessados devem se cadastrar no site www.renovabr.org.

Originalmente, o período de inscrições se encerraria nesta terça (31), mas foi prolongado para estimular maior diversidade entre os participantes. “A iniciativa vem conquistando reconhecimento pelo Brasil e o volume de inscritos continua crescendo”, explica Izabella Mattar, co-fundadora do RenovaBR. “Decidimos estender o prazo para dar chance a mais pessoas de todas as regiões do país, com a maior variedade de ideias e experiências. Embora o número de inscrições já seja alto o suficiente, queremos estimular mais diversidade de perfis entre os inscritos. Queremos selecionar os melhores, com diferentes backgrounds”.

Criado com o propósito de acelerar novas lideranças políticas, o RenovaBR mobilizará recursos de pessoas físicas motivadas exclusivamente pelo interesse público para dar a novas caras de todo o país a oportunidade de transformar a política brasileira e servir a sociedade. A contrapartida esperada para as bolsas é simples: compromisso com transparência, com a ética e a democracia e motivação para fazer do Brasil um país melhor. A iniciativa não é ligada a nenhum partido nem defende bandeiras específicas.

“Estamos buscando talentos que se identifiquem com as mais variadas correntes de pensamento e que ainda não tenham ocupado cargos públicos eletivos”, afirma Izabella Mattar. “Queremos pessoas com perfil de liderança e iniciativa, que tenham levado impactos positivos às suas comunidades, seus universos profissionais, suas organizações e associações. E, o mais importante, que tenham vontade de usar essa capacidade para promover mudanças no cenário político nacional”.

Após as inscrições e testes online, os inscritos passarão por etapas de entrevistas e banca avaliadora. O processo seletivo se estende até o final do ano, e a capacitação começará no início de 2018. O programa de formação será flexível, adaptando-se às necessidades de cada participante, e envolverá conhecimentos sobre o funcionamento do Legislativo, comunicação, autoconhecimento, elaboração de campanha e desafios do Brasil. Haverá aulas online e também presenciais, em São Paulo, com despesas de viagem custeadas pelo RenovaBR. A bolsa de estudos tem o objetivo de permitir que a pessoa mantenha o foco na sua formação, e os valores variam entre R$ 5 mil e R$ 12 mil, de acordo com custo de vida por localidade e necessidade do participante. Ao final do programa, a pessoa estará preparada com todo o conhecimento e as informações necessárias para seguir sua carreira política.

Os interessados em passar pela formação precisam ter idade mínima de 21 anos, nacionalidade brasileira, estar em pleno exercício dos direitos políticos e em dia com o alistamento eleitoral. Também nunca podem ter ocupado cargo público eletivo.

 

Necessidade de renovação

Levantamento recente do Congresso em Foco apontou que quase um terço dos deputados federais são investigados pelo Supremo Tribunal Federal. Além disso, 79% das pessoas gostariam de ver candidatos “de fora da política” nas eleições de 2018, segundo pesquisa do Ideia Big Data. O RenovaBR busca incentivar esse processo e contribuir para que o Congresso seja percebido como um espaço para debates de alto nível e uma incubadora de novas lideranças. “Queremos ser um celeiro de novos talentos políticos em que as pessoas possam confiar, oferecendo à sociedade as opções de renovação que ela procura”, conclui Izabella.

 

Processo seletivo RenovaBR

O quê: Iniciativa que visa impulsionar o acesso de novas lideranças à política.

Como: Oferecendo formação e bolsas de estudos a líderes que queiram se candidatar a uma vaga no Congresso Nacional.

Posicionamento político: Não tem. O RenovaBR acredita que a pluralidade de ideias é essencial para a democracia, e por isso busca talentos que se identifiquem com as mais variadas correntes de pensamento. A iniciativa não tem ligação nem restrição com relação a nenhum partido.

Perfil desejado: Líder que nunca tenha ocupado cargo público eletivo. Perfil de liderança, com histórias de impactos positivos sobre sua comunidade, seu universo profissional, sua organização ou associação. Idade mínima de 21 anos, nacionalidade brasileira, pleno exercício dos direitos políticos e em dia com o alistamento eleitoral. Não é preciso ter formação específica.

Inscrições: Até 12 de novembro pelo site www.renovabr.org