Divulgação

Busca por investimento mais seguro reacende mercado imobiliário

Os meses de abril e março foram os mais afetados no mercado imobiliário.

A retração gerada pela crise dos últimos 5 anos afetou todos os setores, incluindo o mercado imobiliário. Porém, no ano de 2019, a situação passou a ser contornada. Os ajustes fiscais e outras medidas econômicas beneficiaram diretamente o setor da Construção Civil, favorecendo a compra de imóveis e a realização de novos empreendimentos.

No entanto, esse reaquecimento sofreu uma pausa brusca com o surgimento do Covid-19, no começo do ano, gerando uma nova crise global. Os meses de abril e março foram os mais afetados no mercado imobiliário.

De acordo com João Paulo Salgueiro, sócio da INVEXO, “a chegada do Covid no mês de março estragou o bom momento que o mercado imobiliário estava passando. O vírus atrapalhou bastante a recuperação que estava acontecendo. Realmente os meses de março e abril foram bem complicados. As vendas praticamente cessaram. Todo mundo estava com medo de sair de casa”.

 

Mercado imobiliário

A sensação de insegurança que havia tomado a população começou a ser atenuada em maio, após a implementação de novos protocolos de prevenção da OMS. Estes protocolos, somados aos incentivos governamentais e o avanço nas pesquisas científicas, permitiram que as pessoas pudessem retomar suas rotinas de forma adaptada.

Salgueiro informa que “Em maio, a nossa empresa continuou normalmente como nos meses antecedentes à Covid-19”.

Atualmente, a renda fixa não tem gerado retorno significativo por conta da redução da taxa Selic, o que estimulou os investidores a procurarem por rendimentos mais seguros. Isso resultou em um aumento considerável na busca pelos investimentos em imóveis.

Como diz Salgueiro, “na minha visão o mercado imobiliário já está em alta. Temos uma saída de capital da renda fixa para outros investimentos. Na sua maioria a população brasileira é avessa ao mercado acionário, pois considera de alto risco. E a maioria dos brasileiros gosta do que é seguro, como poupança e imóveis. É uma tendência. Já percebemos um fluxo da renda fixa direto para os imóveis. Logo, acredito que o mercado já está em alta. O principal motivo por não percebermos sinais mais evidentes é por causa da pandemia em vigor.”

O retorno às atividades e as novas taxas de financiamento imobiliário, favoreceram o mercado imobiliário. O conceito do Novo Normal, surgido na pandemia, trouxe maior importância aos recursos tecnológicos aplicados ao meio empresarial, interferindo diretamente na dinâmica de compra e venda.

 

Lançamento residencial em Botafogo

A INVEXO, pioneira por acompanhar a tendência da informatização e priorizar a tecnologia em seus processos, obteve um grande destaque no mercado. Todos esses diferenciais trouxeram ótimos resultados para a imobiliária, que fechou exclusividade nas vendas com o lançamento residencial Botafogo Xperience, da construtora Engeziler e RAF Arquitetura.

O Botafogo Xperience está localizado na Rua Sorocaba 441, endereço mais privilegiado do bairro de Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O lançamento conta com 15 apartamentos exclusivos, com plantas atrativas e amplas metragens, divididas em “tipo” ou Garden. Os apartamentos possuem três quartos com suítes, sala, varanda, cozinha, área de serviço, incluindo opções com home office e terraço. O condomínio oferece um projeto sustentável, com total segurança e lazer completo.

De acordo com Rodrigo Sambaquy, arquiteto da RAF, “a intenção desejada foi criar a sensação de sair de dentro de casa para aquele espaço semi aberto para respirar… A pérgula, o gazebo de madeira no jardim…Um edifício para o estilo de vida das novas famílias cariocas que escolhem o tradicional bairro de Botafogo para morar.”

Contando com o trabalho inovador da INVEXO, a tradição da Engeziler e o projeto arquitetônico da RAF, o Botafogo Xperience é um lançamento que promete marcar o mercado imobiliário carioca. Conforme seu próprio slogan diz: “Viver em Botafogo é uma experiência maravilhosa. Morar no Botafogo Xperience vai ser ainda melhor.”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também