Em 1897 chegava em terras petropolitanas um grupo da representação diplomática do Japão. Era o primeiro contato oficial do país oriental não só com a cidade, mas também com o Brasil. A delegação definiu os rumos dos nikkeis por aqui. O encantamento do terceiro ministro na época, Fukashi Sugimura, com o município foi responsável por dar origem, 11 anos mais tarde, à imigração japonesa no Brasil, que completa 110 anos em 2018. Essa especial relação entre a Cidade de Pedro e a Terra do Sol Nascente é celebrada com o Bunka-Sai, a Festa da Cultura Japonesa, que acontece este ano entre os dias 1º e 5 de agosto, no Palácio de Cristal

Nesta 10ª edição, que foi expandida para quatro dias, a programação vai contar com novidades, como um Mini Undokai – gincanas japonesas- e concurso de fotografia de sakuras (cerejeiras). Sucesso todos os anos, a festa conta com barracas de comidas típicas, além de mais de 40 atividades, entre danças folclóricas, shows de música japonesa, oficinas de mangá, pipa, ikebana (arranjos florais) e origami, além de artes marciais, palestras, Festival de Cosplay e diversas outras, todas com entrada gratuita. Com cerca de 300 descendentes atualmente, Petrópolis vai celebrar e exaltar a cultura japonesa.

Para o prefeito Bernardo Rossi, depois do sucesso da Bauernfest, que homenageia os colonos germânicos, chegou a hora de lembrar também da cultura oriental. “É uma grande honra termos em Petrópolis também um pedacinho dessa cultura tão bonita. Nós precisamos manter essas tradições. Também temos, nas nossas raízes, a mão de obra japonesa. E Petrópolis foi a primeira cidade do Brasil a receber uma autoridade diplomática japonesa, então nós temos tradições com o Japão. O Bunka-Sai é o momento perfeito para comemorar isso e tenho certeza que será mais uma festa linda, de sucesso”, destaca.

Este mês, quando esteve em Petrópolis para o plantio das mudas de cerejeiras doadas pela “Comissão dos 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil”, o cônsul geral do Japão no Rio de Janeiro, Yoshitaka Hoshino, fez um convite para que todos participem da festa. “A cidade de Petrópolis, além da importância histórica para os brasileiros, possui uma forte ligação com o Japão. Aproveitando essa oportunidade, gostaria de fazer um convite. Em agosto, será realizado, o Bunka-sai, será uma bela oportunidade para conhecer mais a cultura do Japão. Espero que todos participem”, frisou.

O evento, que tem entrada gratuita, é realizado pela Prefeitura de Petrópolis, por meio do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) e a Turispetro, e ainda a Associação Nikkei de Petrópolis. Alta temporada na Serra, o evento promete encantar turistas e petropolitanos. “Temos aqui o privilégio da diversidade cultural, misturando diversas influências, e a cultura japonesa é uma delas. Por isso é tão importante manter viva essas tradições na cidade”, explica Leonardo Randolfo, a frente do IMCE. “A festa faz parte do nosso calendário oficial de eventos e esperamos que muitos visitantes venham, aproveitem a programação, as atrações, e conheçam não só um pouco mais da cultura japonesa, como aproveitem para passear pela cidade”, completa o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

 

Programação pra toda a família

A programação deste ano está recheada de novidades e com atrações para toda a família.A abertura do Bunka-Sai, na quarta-feira (1º.08), vai contar com uma solenidade, a partir de 19h, com a participação da banda do 32º Batalhão, além do Kagami Biraki (sangria do barril de saquê), performance de San San Nana Byoushi e apresentação de Bon-Odori (dança folclórica). No dia seguinte (02.08), haverá um Mini Undokai (gincanas japonesas), às 14h30, oficina de mangá, às 18h, e Bon-Odori, às 19h. Sexta-feira (03.08), o público vai poder contar com Mini Undokai, às 14h30, oficina de mangá às 18h, Bon-Odori, às 19h, palestra Tokusatsu, às 20h, e Banda Negrayscow, encerrando a noite, às 21h.

Já no sábado (04.08), a programação começa cedo com a banda do 32º Batalhão, às 11h, Bon-Odori e oficinas de pipa e ikebana, às 14h, Mini Undokai, às 14h30,escrita japonesa e palestra sobre culinária japonesa, às 15h, oficina de ikebana e apresentação musical do Rio Nikkei Taiko, às 16h. Logo depois, às 17h, tem judô com a presença da técnica da seleção brasileira de judô masculino, Yuko Fujii, e do judoca Matheus Domingues Moreira, com oficina de origami no mesmo horário, Rio Nikkei Taiko às 18h, Festival de Cosplay, às 19h, e show de kimono às 20h.

Encerrando a festa, no domingo (05.08), os admiradores da cultura japonesa terão as artes marciais Jiu Jitsu, Kage Ryu eAikido, a partir de 11h, apresentação musical de Kaminari Taiko, às 13h, oficina com o Dobraduras da Serra, às 14h, oficina de mangá, às 15h, canções japonesas e brasileiras com Noboru Fujita e Cant’Vox, às 15h, Kaminari Taiko, às 16h, apresentação de cosplay e Concurso de Fotografia de Cerejeiras, às 17h, e Bon-Odori fechando a noite, às 18h.

A partir de sexta, o público também vai poder contar com exposição de pipas japonesas. Para as crianças – até 12 anos – o Mini Undokai terá “corrida de saco”, “corrida de três pernas”, “corrida do caranguejo”, “centopéia” e “cabo de guerra”.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis