A BRF anunciou nesta quarta-feira (13/2) que irá recolher aproximadamente 164,7 toneladas de carne de frango in natura da marca Perdigão destinadas ao mercado doméstico devido ao risco de contaminação por salmonela.

A empresa informou que os produtos saíram do frigorífico de Dourados (MS) em outubro e novembro de 2018. Trata-se cortes congelados de coxa, sobrecoxa, meio peito, filezinho (sassami), filé de peito e coração.

Segundo a BRF, apenas uma parte dos lotes está incluído no recall, mas que, por princípio da precaução, todos os lotes fabricados na mesma data serão recolhidos.

Os produtos foram comercializados nos estados do Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

A empresa afirma ainda que estes produtos não estão mais à venda, pois solicitou aos distribuidores (pontos de venda), após serem identificados, que os lotes deixem de ser comercializados, sendo assim bloqueados e recolhidos.

A empresa alerta que, caso os alimentos contaminados sejam consumidos sem terem sido completamente fritos, cozidos, assados ou manuseados conforme descrito nas embalagens, eles podem causar dores abdominais, diarreia, febre e vômito.

Segundo a BRF, o consumidor que tiver produto dos lotes envolvidos no recall deve entrar em contato gratuitamente pelo telefone 0800-031-1315 ou pelo e-mail recolhimento.sac@brf.br.com, para esclarecimento de dúvidas, troca ou devolução.

Lista dos lotes:

Fonte: G1

Crédito da foto: NELSON ALMEIDA / AFP