Brasil conquista Copa América e Tite critica postura de Messi

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Brasil venceu o Peru por 3 a 1 na tarde deste domingo (07), no Maracanã, e conquistou pela nona vez a Copa América. Mas sofreu. Jogou com um a menos em boa parte do segundo tempo, ao ter Gabriel Jesus expulso. Jogando contra o mesmo adversário que havia vencido na primeira fase da competição por 5 x 0, um jogo que para muitos também seria vencido facilmente, teve momentos de tensão e dúvidas sobre a vitória em casa do time brasileiro.

Já no início da partida os papéis se inverteram, e foi a Seleção Peruana que agrediu os brasileiros fazendo uma marcação alta, e dificultando a saída de bola da Seleção Canarinho. Mas as coisas pareciam mudar de cenário quando em jogada individual de Gabriel Jesus, cruzou e achou Everton livre de marcação para abrir o placar.

Com o desenrolar da partida, o Brasil continuava encontrando dificuldade para furar o bloqueio dos peruanos, e quando o jogo caminhava para o intervalo com vitória parcial para os brasileiros, o árbitro da partida, assinalou pênalti contra a Seleção Brasileira depois da tentativa de cruzamento a bola tocar na mão do zagueiro Thiago Silva. Sem se deixar o Brasil respondeu na saída de bola: Firmino roubou a bola, o volante Arthur conduziu e deu a assistência para Gabriel Jesus marcar seu 18º gol pela Seleção.

No segundo tempo, a Seleção Brasileira buscou pressionar a Seleção Peruana desde o início, teve oportunidades de ampliar, mas a tensão tomou conta dos torcedores após os 21’ minutos Gabriel Jesus ser expulso, e o Peru pressionar ainda mais o Brasil no campo de defesa. Que aos 42’ acabou após Richarlison cobrar pênalti e sacramentar o título para os brasileiros.

Para o técnico da Seleção Brasileira, Tite, o Arbitro da partida, o Sr. Roberto Tobar Vargas, foi para o jogo pressionado e confuso, após insinuação de Messi na qual a Copa América estaria armada para o título brasileiro. “Todos aqui sabem que o elogiei antes e depois da semifinal, o considero um extraterrestre pelo o que faz com a bola, mas não admito falta de respeito com o próximo e com o seu trabalho. Por tudo o que ele representa para o futebol, deve repensar suas palavras, e em minha opinião o juiz atuou como atuou por essa pressão externa que aconteceu”. Falou Tite.

Como era de se esperar, o clima foi de total festa depois da partida para os torcedores, jogadores e comissão técnica que terá alguns dias de férias, mas já tem trabalho antes da próxima convocação de jogadores, já que Edu Gaspar e Silvinho deixam seus cargos e serão substituídos, mas ainda sem previsão vá fazer parte do comando da Seleção Brasileira.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.