Brasil bate marca de 3.158 mortos por Coronavírus em 24 horas

Muitos brasileiros desde o início da pandemia se recusaram a utilizar máscaras, evitar aglomerações e fazer uso de álcool em gel, ignorando as medidas de segurança, o que fez com o que o número subisse drasticamente.

O Brasil bateu uma triste marca na última terça-feira (23) ao somar 3.158 mortes em 24 horas, totalizando o maior número de mortos em um dia no país desde o início da pandemia do novo Coronavírus.

Com isso, a média móvel de mortes no país nos últimos 7 dias chegou a 2.349, mais um recorde no índice. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +43%, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

Este levantamento foi realizado pelo Consórcio de Veículos de Imprensa, que vem divulgando a situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h de terça.

O país já soma 62 dias seguidos com uma média de mortes superior à de mil pessoas por dia em decorrência da Covid-19.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia, 12.136.615 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 84.996 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos sete dias foi de 75.288 novos diagnósticos por dia – sexto recorde seguido nessa média. Isso representa uma variação de +9% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade nos diagnósticos.

Dezenove estados e o Distrito Federal estão com alta nas mortes: PR, RS, SC, ES, MG, RJ, SP, DF, GO, MS, MT, AP, TO, AL, BA, PB, PE, PI, RN e SE.

O Brasil já soma ao todo mais de 12 milhões de contaminados e a situação está cada vez mais difícil de ser controlada. Muitos brasileiros desde o início da pandemia se recusaram a utilizar máscaras, evitar aglomerações e fazer uso de álcool em gel, ignorando as medidas de segurança, o que, de acordo com especialistas, colabora para o crescente número de infectados.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também