Bongar lança “Festa de terreiro” nas plataformas digitais

Em comemoração aos 20 anos de carreira, o grupo lança seus clássicos no streaming.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Com 20 anos de estrada, completados no último dia 11 de agosto, o Grupo Bongar lança seu “Festa de Terreiro” nas principais plataformas de streaming, neste mês do seu aniversário. O disco é uma compilação de músicas do primeiro e segundo CDs do grupo “29 de junho” e “Chão Batido Coco Pisado”, respectivamente, com as clássicas composições “Acorda Maria” e “Ogum”. O lançamento ocorre por meio do Selo Colmeia22 e já está disponível para download.

“Era uma cobrança do nosso público, que não encontrava as músicas do Bongar no Spotify, Deezer, Itunes. Esse convite do Selo Colmeia22 veio no momento em que estávamos nos preparando para isso. E chega também para compor as comemorações dos 20 anos do grupo”, conta a produtora do Bongar, Marileide Alves.

Outra ação para celebrar os 20 anos do Bongar é a live de aniversário, que será realizada no dia 30 deste mês, pelo canal do grupo no Youtube. Agora com nova formação, após o falecimento do seu vocalista e líder Guitinho da Xambá, o Bongar mantém a tradição do Coco da Xambá com a incorporação de elementos eletrônicos. O grupo conta com a participação de dois novos integrantes, os adolescentes Paulo Henrique e Yngrid Batista, que também integram o Grupo Pirão Bateu e fazem parte das oficinas de percussão ministradas pelo Bongar no Centro Cultural Grupo Bongar, na comunidade Xambá. Durante a live, o grupo fará uma homenagem a Guitinho e toda sua luta em prol da cultura e do povo negro.

O Centro Cultural também se prepara para retornar as atividades sócio-educativas-culturais com as crianças e adolescentes da comunidade de forma presencial. O que deve ocorrer em meados de setembro e início de outubro, quando os adolescentes já devem estar vacinados contra a Covid-19. Outro projeto do Grupo que voltará com as atividades é a Escola de Música Afro-Brasileira Grupo Bongar, criada com o objetivo de difundir a música vivenciada na comunidade Xambá e o toque dos tambores (engomes) do Terreiro Xambá. É um espaço também de criação e discussão de conteúdos de música e temática afro-brasileira.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Érico Moreira lança single para embalar o verão brasileiro

A música tem clima de verão, perfeita para embalar o calor que, em breve, volta com tudo nas terras tupiniquins. Com uma batida meio africana misturada com células rítmicas de maracatu, Quando a Maré Encher faz referência às lembranças da adolescência do artista em Paraty.

Comentários estão fechados.