Bombeiros registram 876 incêndios florestais em três anos

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Com o objetivo de fortalecer as ações operacionais e técnicas, o 15º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) realizou análise sobre a quantidade de ocorrências de incêndios florestais e fogo em vegetação registradas em Petrópolis. Nos últimos três anos, pelo menos 876 atendimentos foram realizados pelos bombeiros.

Com base na temporada em que é comum os incêndios florestais, entre os meses de maio e setembro, foram identificados, de 2016 a 2018, o total de 876 incêndios, sendo 852 em área urbana. Ou seja, 96,1% das ocorrências tiveram como causa provável a ação humana, que poderia ser evitada.

Ao todo, foram analisados o batalhão de Petrópolis, além dos destacamentos de Itaipava e Três Rios, sendo divididas às áreas protegidas por reserva ambiental ou similares, e áreas não protegidas, que compreendem os centros urbanos, que têm a maior ocupação do solo.

“Os incêndios florestais têm causas diretas com diversos desastres que a cidade pode sofrer em consequência disso. Estudos já comprovam que a destruição das florestas altera o microclima local, interferindo nas temperaturas extremas, alterando o ecossistema, trazendo para a comunidade animais em busca de refúgio, tais como macacos, insetos e outros vetores, e, em alguns casos, portadores de doenças”, disse Gil Kempers, comandante do 15ºGBM.

Ainda como consequência, o comandante apontou que a diminuição das florestas provoca o empobrecimento do solo. “Aumenta o grau de erosão e provoca, posteriormente, escorregamentos e desastres naturais, tendo em vista a falta da cobertura vegetal no solo, modificando a velocidade da quantidade de água absorvida pela chuva no solo e a tensão em função da ausência das árvores e vegetação”, disse.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.