Foto: Divulgação/Governo do Estado do Rio de Janeiro

Bombeiros do Rio fizeram quase 800 resgates marítimos durante o Carnaval

Este período também foi marcado pelo auxílio dos guarda-vidas para localizar os responsáveis por cerca de 540 crianças e para registar mais de 48.500 ações de prevenção.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Corpo de Bombeiros do Estado do Rio realizou, entre o sábado de Carnaval (26) e a Quarta-feira de Cinzas (2), 797 resgates marítimos em todo o estado, sendo 270 na área de cobertura do 3º GMar (Grupamento Marítimo), em Copacabana, Zona Sul carioca, maior registro nestes cinco dias.

Este período também foi marcado pelo auxílio dos guarda-vidas para localizar os responsáveis por cerca de 540 crianças e para registar mais de 48.500 ações de prevenção.

Desde o dia 1º de janeiro até a Quarta-feira de Cinzas, já são mais de 6.200 salvamentos realizados pelos guarda-vidas da corporação em todo estado. No ranking das áreas com mais resgates marítimos estão os Grupamentos Marítimos de Copacabana, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes (todos na capital), Cabo Frio e Paraty.

Detro aplica 37 multas

Enquanto isso, o Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro-RJ) realizou entre os dias 24/02 e 03/03 a Operação Carnaval. O objetivo era coibir o transporte irregular e verificar a prestação do serviço de transporte intermunicipal regular. No total, os agentes aplicaram 37 multas, sendo 19 na frota regular de ônibus e 18 em veículos realizando transporte irregular.

A ação foi motivada pelo aumento da demanda de passageiros que deixam a capital em direção às demais cidades do estado durante o feriado. Entre as principais irregularidades encontradas na frota regular estão: atraso superior a 10 (dez) minutos na partida de linhas rodoviárias; não manter a limpeza do veículo no início de cada viagem do ponto de partida; descumprir normas de acessibilidade e não manter despachantes nos pontos de origem e destino.

As operações ocorreram na Rodoviária do Rio, Terminal Américo Fontenelle (Central do Brasil), Barra de Guaratiba, entorno do Aeroporto Santos Dumont, Recreio dos Bandeirantes, Barra da Tijuca, todos no Rio; Nova Iguaçu, Nova Friburgo, Cabo Frio e São Pedro da Aldeia.

A população pode ajudar denunciando irregularidades por meio do telefone da Ouvidoria (21) 3883-4141 ou pelo e-mail [email protected] A população também pode enviar informações pelo WhatsApp “Fale Detro”: (21) 9-8596-8545.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.