Foto: Reprodução Alerj

Bloqueios de cartões de crédito devem ser avisado com pelo menos 24 horas de antecedência

A norma passará a vigorar em até 90 dias após sua publicação e deverá ser regulamentada pelo Executivo.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

As empresas operadoras de cartões de crédito e débito serão obrigadas a comunicar aos seus clientes sobre o bloqueio dos mesmos com até 24 horas de antecedência, devendo ser informado o motivo da medida. É o que define o projeto de lei 2.984/17, dos deputados Martha Rocha (PDT) e Fábio Silva (PSD), que foi aprovado em segunda discussão pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quinta-feira (06/05). A medida segue para sanção ou veto do governador Cláudio Castro.

A norma passará a vigorar em até 90 dias após sua publicação e deverá ser regulamentada pelo Executivo. Após o bloqueio, os clientes não poderão ser cobrados de anuidade ou manutenção. Caso a cobrança já tenha sido feita, o cliente deverá receber o estorno referente ao período do bloqueio.

De acordo com o texto, o descumprimento da norma acarretará em punições previstas no Código de Defesa do Consumidor (CDC). “Atualmente, as operadoras podem cancelar ou bloquear cartões sem avisar previamente o consumidor, indo contra Código de Defesa do Consumidor”, criticou Martha Rocha.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

IPCA vai a 0,83% em maio

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 0,83% em maio, 0,52 ponto percentual (p.p.) acima da taxa de abril (0,31%). Foi o maior resultado para um mês de maio desde 1996 (1,22%). O acumulado no ano foi de 3,22%, e o dos
últimos 12 meses, de 8,06%, acima dos 6,76% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em maio de 2020, a taxa havia sido -0,38%.

Comentários estão fechados.