Um bebê de 8 meses, uma das 12 vítimas do atropelamento ocorrido na noite desta quinta-feira (18), em Copacabana, não resistiu e morreu, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

O carro invadiu o calçadão da Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio, atingindo as pessoas que caminhavam. O acidente ocorreu na altura da Rua Figueiredo de Magalhães.

O caso mais grave é de uma pessoa que sofreu traumatismo craniano. Todas foram encaminhadas para os hospitais Souza Aguiar e Miguel Couto, no Centro e no Leblon, respectivamente.

O motorista identificado como Antonio de Almeida Anaquim, de 41 anos, foi detido e levado para a 12ª DP (Copacabana). Ele disse que perdeu o controle do carro porque “apagou” após sofrer um ataque epiléptico.