Quem diria que um encontro entre colonos alemães se tornaria o principal evento germânico do estado, – e um dos maiores do Brasil! Bauernfest, como é popularmente conhecida a Festa do Colono Alemão, começou na simplicidade de uma quermesse, no início do século passado, no bairro Fazenda Inglesa. Enraizado como Festival Germânico, o festejo fora idealizado por descendentes de colonos representados no Clube 29 de junho, – point da época.

Emygdia Hoelz foi a grande responsável para o que hoje se transformou na principal data do calendário petropolitano. Na época, Emydgia sugeriu que as origens alemães em Petrópolis fossem celebradas para enriquecer o calendário do Clube, – antes mesmo de virar presidenta da associação, em 1988.

Para realizar algo mais marcante, em 1983, o antigo diretor do Palácio de Cristal sugeriu o espaço, que foi ocupado por somente três barracas, – doces e salgados feitos por mãos familiares que antes se reuniam em suas casas.

O nome da festa é em homenagem à um dos fundadores do Clube 29 de junho, Ernesto Gustavo Bauer, e, só teve seu crescimento reconhecido quando uma parceria entre a organização junto ao governo municipal foi firmada. A partir de 1990, o Festival Germânico daria lugar a tradicionalíssima Bauernfest, a Festa do Colono Alemão, como já era conhecida entre os populares da década.

Em torno do Palácio de Cristal, na Rua Alfredo Pachá, com diversas opções de comida e bebida

Com o intuito de assegurar a originalidade e as raízes do evento, foi sancionada a “Lei Bauern”, que regulamenta a autorização do espaço que fica no entorno do Palácio de Cristal, destacando a recepção de empresas petropolitanas com produtos típicos da Alemanha.

Além da vasta gastronomia, existem diferentes opções de lazer. Totalmente diferente de 1989, – ano da primeira atração internacional que se apresentou no evento, – esta edição conta com atividades para todos os gostos. Apesar da diversidade na programação, essa edição será com certa dose de carinho, pois o Clube 29 de junho faz aniversário.

No Palácio de Cristal, um dos pontos turísticos de Petrópolis, os festeiros podem encontrar ainda apresentações de grupos de dança alemã, – a primeira atração na história do evento foi marcada por um grupo de balé, – concursos cervejeiros e acessórios para as pessoas entrarem no clima alemão (e friorento). Na Praça da Águia foi montado o Biergarten, ou seja, o jardim cervejeiro, com produtores de cerveja artesanais da região, gastronomia alemã e espaço kids.

É lógico que não faltariam os tradicionais desfiles e jogos germânicos. As famílias descendentes vão às ruas, pela manhã, no primeiro (16) e último domingo (30) de evento. No primeiro sábado (15) e no último (29), acontece o famoso Desfile das Lanternas, no início da noite. O concurso de chopp a metro ocorre todos os dias, no Palácio de Cristal. Também são promovidos os Jogos Germânicos, na Praça da Liberdade, para adultos e crianças.

Espaço Tanzen estruturado no Clube Petropolitano
Foto: Edgar Pujol

Há quem goste de um clima mais descontraído (estilo boate). Como agora todos os bares do Centro Histórico fecham à 1h30, nada melhor que um after recheado de música para todos os gostos. Entre a Praça da Liberdade e o Palácio de Cristal, o Espaço Tanzen receberá DJ’s renomados em seu line-up. Felguk, Shark, Sandro Valente, Yago Gomes e Scarlatelli são algumas das dezessete atrações escaladas para comandar as pick-ups durante 7 noites.

Neste ano, o festejo chega à sua 30ª edição. Cheia de novidades! Até van levando turistas até a Rua Teresa está no script-it. Além disso, as intervenções culturais tomam conta das ruas durante 16 dias, – no início eram só três. 350 mil turistas são esperados na cidade imperial, totalizando número maior que o de moradores do próprio município. A expectativa é de que sejam vendidos 130 mil litros de cerveja e 8 toneladas de salsichão até o próximo dia 30 de junho (exceto dia 20 – feriado de Corpus Christ).

Aos finais de semana os festejos ocorrem a partir de 10h00. De segunda à quinta, a partir de 11h30. A programação completa você confere no site da Bauernfest.

Lembre-se: bebida alcoólica não combina com direção.