© Divulgação/FIBA

Basquete 3×3: Brasil perde para França no VAR e dá adeus a Tóquio 2020

País travou duelo acirrado e chegou a liderar placar, mas levou virada.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A estreia do basquete 3×3 este ano na Olimpíada de Tóquio (Japão) não terá a presença do Brasil. O país deu adeus neste domingo (30) à última chance de garantir a vaga nos Jogos, ao perder para a França, por 21 a 19, em duelo eletrizante pelas quartas de final do Pré-Olímpico da modalidade, na cidade de Graz (Áustria). 

A seleção chegou a estar na frente do marcador no início do embate, mas permitiu a virada dos franceses, que aproveitaram bem os espaços para acertar vários arremessos de longa distância. Quando faltava apenas 1min50 para o término da partida, Socas marcou para o Brasil, o que igualaria o placar em 20 a 20. No entanto, a França pediu desafio – revisão da jogada com o auxílio do árbitro de vídeo (VAR) – e a análise mostrou que a cesta do brasileiro ocorrera após o estouro da posse de bola, e o ponto foi retirado. A França voltou a liderar o placar por 20 a 19, e ainda marcou mais uma vez antes de selar a vitória por 21 a 19.

O basquete 3×3 do Brasil, comandado pelo técnico Douglas Lorite, se despede do Pré-Olímpico após três vitórias e duas derrotas. O quarteto brasileiro, formado por Jonatas Mello, André Ferros, Jefferson Socas e Fabrício Veríssimo começou ganhando da Turquia (21 a 6) e República Tcheca (21 a 14), na quarta (26), no primeiro dia de disputas. 

Na última sexta (28), o Brasil perdeu o primeiro jogo para a Polônia (13 a 12), mas se recuperou na sequência com triunfo sobre a Mongólia (18 a 10), que lhe garantiu nas quartas de final. 

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.