Bandeira tarifária tem rombo de 3 bilhões e deve deixar conta de luz mais cara

O déficit exorbitante foi dado devido à suspensão das cobranças entre os meses de junho e novembro, como medida promulgada para minimizar os impactos estabelecidos por intermédio da pandemia do novo Coronavírus.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os consumidores brasileiros terão que pagar cerca de R$ 3 bilhões à mais nas próximas contas de luz provenientes aos meses restantes de 2021, para que o déficit seja eventualmente coberto.

Mesmo com a necessidade de um reajuste para que a dívida gerada seja equacionada, a Aneel ainda não sabe precisar o valor que será acrescentado mensalmente na conta de luz dos cidadãos brasileiros.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também