Bandas marciais de Petrópolis vão participar da primeira edição do Festival Rio de Bandas Marciais. O evento acontece no domingo, 26 de agosto, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. Dez grupos filiados à Associação Petropolitana de Bandas (Apeban), reunindo quase 400 componentes, serão as atrações do dia, a partir de 10h, com um desfile na esplanada em frente ao museu. Com o apoio da prefeitura de Petrópolis, através do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), e da prefeitura do Rio, e os músicos – estudantes de escolas da cidade – ainda terão a oportunidade de visitar o museu após as apresentações.

O Festival Rio de Bandas, idealizado pelo jornalista Pablo Kling e organizado também pela Apeban, tem a proposta de dar oportunidade às bandas marciais de se apresentarem em um dos principais cartões postais do Brasil, e ao mesmo tempo incentivar a cultura através da visitação ao atrativo. “Além de mostrarmos pra cidade do Rio a tradição das bandas marciais em Petrópolis, será uma oportunidade única para os alunos. Muitos deles nunca foram ao Rio de Janeiro, por exemplo. Vai ser fundamental também esse engajamento cultural em relação à visitação no museu”, completa o presidente da Apeban, Luiz Claudio Lima

As bandas marciais já são tradição na cidade, com grupos fundados na década de 1950, atuantes até hoje, como é o caso da Banda Marcial Wolney Aguiar. Segundo o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo, o segmento vem sendo valorizado cada vez mais. “É muito importante apoiarmos eventos como esse, divulgando nossa música e ainda proporcionando essa experiência para as crianças e adolescentes”, disse, lembrando que, no ano passado, a pasta criou o Circuito Imperial de Bandas Marciais, que valoriza os grupos da cidade e fomenta a cultura nos espaços públicos.

“A oportunidade que os jovens vão ter de se apresentarem em um dos principais cartões postais do Rio, e também de vivenciar a experiência proposta do Museu do Amanhã será impar. Não tenho dúvidas que será um divisor de águas na vida de cada jovem”, disse Pablo Kling.

Participam do festival as bandas: Banda Marcial Imperial Petropolitana, da Escola Municipal Dr. Rubens de Castro Bomtempo; Banda Marcial Wolney Aguiar, do Colégio Estadual Pedro II (CENIP); Banda Marcial Prof. Leila Souza Castro, da Escola Paroquial Nossa Senhora da Glória; Banda Marcial Odette Fonseca, da Escola Municipal Odette Fonseca; Banda Marcial Embaixador José Bonifácio, do Colégio Estadual Embaixador José Bonifácio; Banda Dragões do Império, da Escola Municipal Gov. Marcello Alencar; Banda Marcial Prof. Amadeu Guimarães, do Colégio São José; Banda de Percussão Trovão Imperial, da Escola Municipal Geraldo Ventura Dias; Banda Marcial Johann Noel, da Escola Municipal Johann Noel; Banda Marcial Frei Aniceto, do Colégio São Judas Tadeu.