Banco volta a emitir guia do Detran-RJ com valor de R$ 202,55

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O banco Bradesco voltou a emitir, nesta sexta-feira, a Guia de Regularização de Taxas (GRT) com valor total de R$ 202,55 de veículos emplacados no Estado do Rio. A cobrança sai do valor de R$ 144,68 e volta ao valor original — que inclui a taxa de R$ 57,87, da emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) — após uma disputa na Justiça entre o Detran-RJ e o Ministério Público (MPRJ).

O dono de veículo deve gerar a GRT no dia em que for realizar o pagamento, já que a data de vencimento é a mesma do dia da emissão. Para gerar o documento, o proprietário deve informar o número do Renavam do automóvel. Quem pagou o valor de R$ 144,68, tem a possibilidade de pagar a diferença de R$ 57,87 para poder retirar o CRLV.

Quem já retirou o certificado já está como a situação regularizada e a diferença referente a taxa de emissão poderá ser paga em 2020. Neste caso, ano que vem o proprietário vai pagar o valor integral referente ao exercício, além do valor que faltou de 2019 — R$ 57,87.

A GRT é formada pela taxa de licenciamento anual, no valor de R$ 144,68, além da taxa de emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), de R$ 57,87, sendo este último suspenso após um pedido do Ministério Público do Rio (MPRJ). Entretanto, a Justiça restabeleceu o direito de o Detran-RJ de cobrar cumulativamente as taxas de licenciamento anual e de emissão do CRLV.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.