Dois atletas de Petrópolis representaram a cidade no torneio Regional Leste de bocha adaptada organizado pela Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE) no último fim de semana: Luiz Felipe da Cruz Silva, o Felipinho, terminou em quarto lugar na classe BC4 e Roberto Saul Wigoda, o Betinho, eliminado nas oitavas de final na categoria BC2. Lucas Santos, que também viajou para a competição, foi considerado inelegível pela organização do torneio, já que a sua paralisia foi avaliada como leve. A equipe faz parte da Associação Petropolitana dos Deficientes Físicos (APDEF).

Marcelo Corrêa, treinador e coordenador técnico do time de Petrópolis, elogiou a participação dos atletas da cidade na competição e ressaltou a dificuldade em disputar o torneio que vale vaga para o campeonato brasileiro, que contou também com equipes de outras cidades do Estado do Rio, Minas Gerais e São Paulo. “Foi uma boa participação da nossa equipe. A Regional Leste é uma competição de alto nível e que vale vaga para o campeonato brasileiro da modalidade, ou seja, os melhores do país participaram. Vamos trabalhar para que o desempenho deles seja ainda melhor na próxima competição”, disse.

O torneio Regional Leste aconteceu em Colatina, no Espírito Santo, e os atletas contaram com o apoio da prefeitura, através da superintendência de Esportes e Lazer. Desde o ano passado, a equipe de Petrópolis realiza os treinamentos no Centro de Cultura Raul de Leoni todas as terças e quintas-feiras entre 14 e 17h.

“Desde o ano passado disponibilizamos um local para o treinamento da equipe de bocha adaptada. É um grupo importante para a nossa cidade e que precisava do nosso apoio. Seguimos trabalhando pelo fomento ao esporte no município, apoiando as mais diversas modalidades”, afirma Hingo Hammes, superintendente de Esportes e Lazer.

Nesta semana, os atletas retornam à cidade e os treinamentos voltam a ser realizados a partir da próxima terça-feira (10.04). Neste ano acontecem ainda duas etapas do Open de bocha Paralímpica da região Leste e o Brasileiro individual e de pares e equipes.

Sobre a bocha adaptada
A bocha adaptada é um esporte que consiste no lançamento de bolas coloridas e vence o jogador que alcançar o maior número de bolas próximas à bola branca, que funciona como uma referência. São quatro categorias, divididas de acordo com a limitação dos atletas.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Crédito da foto: Divulgação / Ascom PMP