Cerca de 50 crianças e adolescentes participaram das atividades do Festival das Comunidades na Rua Gaspar Gonçalves, no Quarteirão Brasileiro, no último sábado (14.07). Foi realizado um torneio de futebol society em duas categorias: sub-13 e 15, com a entrega de medalhas de participação para todos os presentes, como forma de incentivar a prática esportiva. Além disso, os jovens acompanharam uma palestra sobre como preservar e cuidar dos dentes, graças a uma parceria da prefeitura com a iniciativa privada.

O objetivo do Festival das Comunidades é atender mais de duas mil pessoas até o final do ano oferecendo atividades físicas e de lazer gratuitas em 30 datas do calendário esportivo do município. Dois profissionais de educação física acompanham os jovens que participam do programa, garantindo mais segurança na execução dos exercícios. Hingo Hammes, superintendente de Esportes e Lazer, acompanhou as atividades na Gaspar Gonçalves.

“A proposta é garantir mais saúde e qualidade de vida para os jovens, incentivando a prática esportiva. A adesão da população tem sido grande, com um retorno bastante positivo da comunidade. Por determinação do prefeito Bernardo Rossi, preparamos um calendário para atender a todos os distritos da nossa cidade até o final”, garante Hingo.

Na Gaspar Gonçalves, as crianças e os adolescentes foram divididos em duas categorias e a brincadeira foi realizada sem que no final houvesse um time campeão, com o objetivo de estimular a prática esportiva entre os jovens. Após os jogos, os jovens aprenderam dicas de como cuidar e preservas os dentes. Lucas de Oliveira Pereira, de 18 anos, é visto na comunidade como uma referência quando o assunto é futebol. O jovem já vestiu camisas de clubes tradicionais da cidade, como a do Carangola e do Boa Esperança, e atualmente defende as cores do Benfica.

“Vim dar uma força e contribuir para organizar os jogos aqui da comunidade. Sei como o início é difícil, poucos clubes abrem espaço para a gente jogar. Esse Festival das Comunidades acaba se tornando uma oportunidade deles mostrarem potencial para os clubes da cidade”, disse Pereira.

O presidente da associação de moradores da região, Hailton Francisco de Souza, de 68 anos, destacou que o esporte contribui na formação pessoal, retirando os jovens da rua.  “Essa é uma ação importante para o bairro, que ajuda na formação das nossas crianças. O esporte é uma ferramenta importante para a nossa sociedade, que contribui no desenvolvimento. Acreditamos muito no futebol para dar uma chance de uma vida melhor dessas crianças”, garantiu.

Com a criação do Festival das Comunidades, a prefeitura garante a prática regular de atividades físicas durante o ano todo nos bairros da cidade. Além do projeto, o município mantém diversas modalidades esportivas nos Postos de Saúde da Família (PSF), nas Academias da Saúde e nas Escolas Municipais.

“Somando todas as atividades oferecidas de maneira gratuita pela prefeitura desde o ano passado, mais de cinco mil pessoas foram beneficiadas. Com a criação do Festival das Comunidades, vamos atender a outros locais que não contam com atividades regulares. A ideia é que a população entenda os benefícios da prática esportiva”, completa Hingo.