Associação lança plataforma de denúncia de violência contra médicas

Profissionais podem agressões físicas, psicológicas e casos de assédio.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Associação Médica Brasileira (AMB) lançou uma plataforma para receber denúncia de casos de violência contra mulheres médicas.

O mecanismo foi disponibilizado no site da entidade.

As profissionais de saúde podem denunciar qualquer tipo de violência sofrida, seja física, psicológica ou por assédio ou discurso de ódio praticado pela Internet. Também podem ser reclamados ataques sexistas, racistas e outras ofensas.  

Entre as práticas que podem ser objeto de queixa estão também desrespeito a direitos, como formas de discriminação no trabalho, preconceito de gênero em processos de contratação e remuneração desigual a de homens para funções iguais.

Para fazer a denúncia é preciso colocar dados pessoais como nome, e-mail, telefone de contato, registro profissional no respectivo conselho regional de medicina, município e estado e instituição onde trabalha.

As denúncias recebidas serão analisadas pela equipe responsável pelo projeto na AMB. Segundo o site oficial, as denúncias serão encaminhadas a “esferas pertinentes”.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.