A Praça Alcindo Sodré, na Rua Paulo Barbosa foi o palco da 2ª edição do “Conselho Itinerante”, promovido pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência – CMDDPD. Durante o sábado (28.04) os petropolitanos que passaram pelo local receberam orientações sobre os diretos das pessoas com deficiência, conheceram peças de artesanato confeccionadas pelos alunos da Associação Pestalozzi, puderam aferir gratuitamente a pressão arterial e conheceram o talento musical dos alunos da Escola Municipal Paulo Freire e do Coral de Surdos.

Essa foi a segunda edição do evento. A primeira ocorreu em fevereiro, no Parque Municipal, em Itaipava. De acordo com o presidente do CMDDPD, Luiz Felipe da Cruz, a intenção do conselho é a de se aproximar da população, apresentando as discussões sobre a luta pelos direitos da pessoa com deficiência com toda a população.

 “Muitas pessoas não conhecem e não sabem como funciona o conselho, por isso, não conseguem entender sua importância na luta pelos direitos das pessoas com deficiência. Ao nos aproximarmos da população, conseguimos apresentar nossas lutas e conhecer a realidade de outras pessoas que também precisam de um suporte. Através desse contato, conseguimos lutar por elas também. Agradeço aos demais integrantes do conselho e empresários parceiros que abraçaram a ideia”, disse Luiz Felipe.

Sérgio Servolo também atua no conselho e teve a ideia de montar o conselho itinerante. “Os dados do último censo mostram que Petrópolis possui cerca de 80 mil pessoas com deficiências e nós queremos mostrar a elas que o conselho é atuante e está sempre em busca de oportunidades para essas pessoas. A experiência foi ótima e o conselho itinerante continuará programando ações como essa em outros pontos da cidade”, contou.

Peças de artesanato dos alunos da Associação Pestalozzi também ficaram a mostra durante o Conselho Itinerante. “É uma oportunidade de mostramos o nosso trabalho e a diferença que a Pestalozzi faz na vida dos nossos 104 alunos. Contamos muito com a colaboração do povo petropolitano para suprir as nossas necessidades e agradecemos o apoio da prefeitura”, disse Norma Helena Ferraz, diretora pedagógica da instituição.

Quem passou pelo local pôde fazer exame de vista gratuito, que foi disponibilizado pela rede de Óticas Diniz, conheceu o Cartão Para Todos, plano de saúde que também disponibilizou profissionais para aferir pressão e fazer testes de glicemia gratuitamente na população. Além disso, os petropolitanos puderam conhecer todo o talento dos alunos da EM Paulo Freire, que cantaram músicas para animar a tarde.

“Fiquei encantada com a apresentação. Eles são muito simpáticos e talentosos. Não conhecia esse trabalho da escola, adorei. Também aproveitei para conferir a minha pressão arterial. Foi ótima a iniciativa do conselho”, disse a aposentada Joana Santos.

Vale destacar que as reuniões do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência são realizadas sempre nas segundas sextas-feiras de cada mês, na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta – prédio anexo à sede da prefeitura, na Avenida Koeler, 260 – Centro.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Crédito da foto: Divulgação / Ascom PMP