Após alguns dias de negociação, a diretoria do Vasco liberou Nenê para defender o São Paulo, um dos motivos da liberação do jogador são os salários e direitos de imagem não pagos pela gestão anterior do Vasco, que passou o final do ano devendo aos seus jogadores e aos poucos está acertando na atual diretoria.

Nas redes sociais, torcedores vascaínos reclamaram muito pela grande perda técnica, mesmo entendendo que o Vasco corria sério risco de ser processado e o jogador sair de graça e com créditos a receber, a exemplo de Gustavo Scarpa, os débitos perdoados por Nenê são de aproximadamente 1,5 milhão de reais.

Nenê é mais um jogador do time titular a trocar São Januário pelo Morumbi, nas primeiras semanas do ano, Anderson Martins fez apenas 3 dias de preparação com o clube e negociou da mesma forma a sua ida para o São Paulo, na sua clausula de contrato, ele teria direito a ser liberado sem custos em caso de atrasos salariais, exceto se sua saída fosse para o maior rival, o Flamengo.