© Imagem de Arquivo/Agência Brasil

Após novo aumento, gasolina pode chegar a custar mais de R$7,34 em Petrópolis

A variação deve refletir numa alta de R$ 0,15 por litro nas bombas.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Abastecer o veículo já está mais caro em Petrópolis. Após a Petrobras anunciar um novo aumento válido a partir desta terça-feira (26) em todo o país, a maioria dos postos de combustível da cidade já praticam preços com o aumento que pesará ainda mais no bolso do consumidor. A variação deve refletir numa alta de R$ 0,15 por litro nas bombas, elevando o preço final para R$7,34.

Um levantamento feito Agência Nacional do Petróleo (ANP), levando em consideração o monitoramento feito entre os dias 17 e 23 de outubro, o litro da gasolina nos postos do município custava R$ 7,19. Já o etanol chega estava sendo vendido por R$ 6,25. Nesta pesquisa, foram consultados os preços praticados em 18 postos de combustíveis de Petrópolis.  

Com o novo reajuste, anunciado nesta segunda-feira (25), esses produtos vão ficar cerca de R$0,15 mais caros, elevando o preço final da gasolina, por exemplo, para R$7,34.

O aumento ocorre duas semanas após a Petrobras aumentar em mais de 7% o preço da gasolina nas refinarias. Agora, a gasolina vai ser repassada às distribuidoras custando R$ 3,19 o litro. Isso equivale a mais um aumento de 7% sobre os atuais R$ 2,98 nas refinarias.

Segundo a nota da estatal, os reajustes seguem o compromisso de praticar preços competitivos, em equilíbrio com o mercado. Além disso, a estatal destaca a importância dos reajustes “para garantir que o mercado siga sendo suprido”, “sem riscos de desabastecimento”.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.