Funcionários em greve se reuniram na manhã de hoje em frente a Catedral São Pedro de Alcântara para realização de nova assembleia, cujo objetivo foi discutir à respeito do rumo da paralisação nos próximos dias.

Ontem (16), o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), determinou que no mínimo 70% das atividades escolares deveriam estar funcionando. A Justiça não considera a greve ilegal e convocou uma audiência entre a administração pública atual junto à categoria para o próximo dia 29.

Mesmo com essa determinação judicial, os servidores decidiram manter a greve. Após a reunião, manifestantes saíram em passeata pelo Centro Histórico em direção a Câmara Municipal.

Por: Gabriel Malheiros