ANTT apreende nove veículos em operação de fiscalização na região de Belo Horizonte

Também foram constatadas, nos veículos, irregularidades referentes a defeitos em equipamentos de segurança obrigatórios (para-brisa, pneu, extintor), e ainda ausência de seguro obrigatório e transporte irregular de bagagens.

Nos dias 27, 28 e 29 de abril, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), na região de Belo Horizonte (MG), realizou mais uma etapa da Operação Pascal de combate ao transporte clandestino. Foram feitas nove apreensões. Os veículos, somados, transportavam 135 passageiros, que foram transferidos para serviços autorizados, com a s despesas de passagens pagas pelas empresas infratoras.

Também foram constatadas, nos veículos, irregularidades referentes a defeitos em equipamentos de segurança obrigatórios (para-brisa, pneu, extintor), e ainda ausência de seguro obrigatório e transporte irregular de bagagens.

Os roteiros executados por estes veículos eram:

  • São Paulo-SP/Mata Verde-MG
  • Patos-PB/São Paulo-SP
  • São Paulo-SP/Campo Belo-MG
  • São Paulo-SP/Taiobeiras-MG
  • São Paulo-SP/Montes Claros-MG
  • São Paulo-SP/Tanhaçu-BA
  • Piripá-BA/São Paulo-SP
  • Nova Serrana-MG/Caririaçu-CE

As abordagens foram realizadas nos municípios mineiros de Perdões, Itaúna, Nova Serrana, Itatiaiuçu e Betim.

A ANTT alerta a todos dos riscos que estão agregados a uma viagem em um transporte clandestino. Há o risco natural de acidentes, pela precariedade dos veículos e principalmente, há o risco maior, do contágio pela COVID-19, visto que nesse tipo de transporte não são seguidas as devidas orientações sanitárias.

A operação da Agência continua em várias regiões do Brasil.

Para dúvidas sobre legalidade de viagens ou denúncias de transporte clandestino, a Agência informa os canais da Ouvidoria da ANTT:
Ouvidoria da ANTT:
WhatsApp (61) 99688-4306,
telefone 166 (24 horas)
ou pelo e-mail: ouvidoria@antt.gov.br

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também