Amigos e familiares fazem cavalgada em homenagem a advogada morta em Itaipava

Neste sábado (06/02), será realizada uma cavalgada em homenagem a advogada Patrícia Sá Fortes, morta no dia 23 de janeiro por um ex-funcionário que trabalhou em sua casa em Itaipava. O movimento foi idealizado pelo grupo Cavaleiros e Amazonas, do qual a vítima fazia parte e era apaixonada pelos equinos. A saída será as onze da manhã no Haras RF em Secretário, passando pela localidade Manoel Joaquim e chegando a Anápolis, com cerca de 12 km de trajeto.

“Nossa intenção é uma caminhada dentro do possível bem alegre, com as características que ela tinha. Nossa ideia é protestar mas principalmente homenagear a Patrícia e agradecer as delegacias 105 e 106 DP, além do CORE, que em menos de 48h solucionaram o caso, o que mostra o empenho da nossa polícia para resolver. Foi um trabalho excepcional”, explica o organizador do movimento, o Arquiteto Ado Leal.

Serão cerca de 70 cavalos, que vão estar com pessoas vestidas com uma camisa personalizada com a foto da advogada e com a frase “A vida é muito preciosa”, dita por Patrícia em uma entrevista.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também